Pesquisa constata queda de preço em nove hortifrutigranjeiros

Por - em 14

Nove hortifrutigranjeiros estão mais baratos na Capital. É o que constata a pesquisa de preços do Procon de João Pessoa, realizada nesta sexta-feira (21), em nove grandes supermercados. Na pesquisa, o tomate, que havia sido o vilão entre os legumes, aparece até 63,9% mais barato que na última pesquisa. Já o inhame, a batata e a cebola estão mais caros até 24%.

Foram verificados os valores cobrados por 16 hortifrutigranjeiros. O tomate está mais barato, mas pode ser encontrado com preços entre R$ 2,19 e R$ 4,98, uma variação de 127,4%. Na pesquisa anterior, o valor do tomate chegou a R$ 5,24.

Assim como o tomate, outros oito itens apresentaram queda nos seus preços. O pimentão está 23,8% mais barato e aparece com o menor preço de R$ 1,85, no entanto, quem não pesquisar pode pagar até R$ 5,48, o valor mais alto cobrado pelo quilo do produto. Outra queda significativa foi a do preço do quilo do maracujá, que pode ser encontrado pelo menor preço de R$ 2,75. Também acompanharam a queda dos preços a alface, laranja, mamão, limão, abacaxi e melancia.

Entre os preços mais altos está a batata inglesa, que acumula aumento de preços por dois meses consecutivos. Nesta pesquisa, aparece 5,3% mais cara, sendo vendida por até R$ 4,99. Quem quiser economizar pode comprar o quilo do produto por R$ 3,22.

Na lista dos vilões que estão fazendo o consumidor gastar mais estão ainda a cenoura, 14% mais cara, sendo comercializada o menor preço por R$ 1,59; a banana prata (2,4%) e o inhame. Este último apresentou o maior percentual de aumento da pesquisa do Procon. Foram 23,7% a mais no menor preço ofertado ao consumidor, e que agora pode ser comprado por até R$ 4,99 o quilo. O valor mais barato, segundo a pesquisa, é de R$ 2,65. A macaxeira e a batata doce não apresentaram variação em seus valores. Esta e outras pesquisas podem ser conferidas na sede do Procon de João Pessoa, localizada na Avenida Pedro I, 331, Centro.