Exames médicos têm variação de até 260%, revela pesquisa

Por - em 209

O custo para a realização de exames médicos e laboratoriais em João Pessoa varia até 260%, de acordo com pesquisa de preço feita pelo Procon Municipal. A maior diferença entre o menor e o maior preço está na avaliação de risco cirúrgico, que custa de R$ 50 a R$ 180 entre os locais pesquisados.

“O risco cirúrgico é uma avaliação feita pelo médico em laudos de exames e características físicas do paciente para verificar sua aptidão e quais os riscos para a realização de determinada cirurgia. Entre as policlínicas que pesquisamos, os pacientes podem economizar até R$ 130”, destacou a secretária adjunta do Procon-JP, Sandra Burity. O menor custo foi verificado na Policlínica do Amip, na Avenida Tabajara, no Centro; e na Policlínica São Lucas, na Avenida João da Mata, Trincheiras.

A segunda maior variação de preço foi encontrada para o exame de eletrocardiograma, que custa de R$ 15 a R$ 50 entre os estabelecimentos pesquisados. Com isso, a variação percentual chega a 233,3%. O menor preço do exame foi encontrado na Policlínica São Lucas.

Já entre as consultas particulares, as maiores diferenças de preço foram constatadas em ginecologistas e angiologistas. Para as duas especialidades, os valores do menor e maior custo variam 200%. A consulta com ginecologista custa de R$ 40 a R$ 120, com menor preço na Policlínica São Lucas. Já no angiologista, o procedimento é cobrado entre R$ 20 e R$ 60, com o menor valor verificado na Policlínica São Luiz.

Segundo o levantamento do Procon-JP, a menor diferença de preço foi constatada na realização da mamografia. As pacientes pagam de R$ 70 a R$ 75 entre os estabelecimentos pesquisados, o que representa uma variação de 7,1%. A segunda menor variação de preço foi de 11,1% e foi verificada na consulta a um oftalmologista, que é cobrada de R$ 45 a R$ 50. O menor valor é praticado em três estabelecimentos. São eles as policlínicas São Luiz, São Lucas e Policlínica Mangabeira, na Rua Elias Pereira de Araújo, em Mangabeira I.

Clique no link para pesquisa completa