Pesquisa desta terça revela aumento no valor gasolina em JP

Por - em 32

O preço do litro da gasolina comum em João Pessoa está mais cara. De acordo com levantamento do Procon da capital, o combustível pode ser encontrado para pagamento à vista entre R$ 2,479 (menor valor) e R$ 2,890 (maior valor). A variação é de 16,6%, o que equivale a uma diferença de R$ 0,41. O álcool apresentou elevação em 20 postos pesquisados e tem o menor preço de R$ 2,079. Diesel e Gás Natural Veicular (GNV) mantiveram os preços.

Na última pesquisa realizada pelo Procon-JP, no dia 25 de abril, o  preço do litro da gasolina comum para pagamento à vista poderia ser encontrado com variação de 18,0%, com uma diferença de R$ 0,44 entre o menor valor (R$ 2,450). O álcool permanece com a mesma variação.

De acordo com a pesquisa mais recente, 30 postos aumentaram os preços da gasolina. O menor preço da cidade, que é de R$ 2,479, pode ser encontrado no Posto Novo Milenium, na Rua Fernando Luiz Henrique, bairro do Bessa. Já quem mora na zona sul deve ficar atento aos preços. O Bancários foi o bairro onde a gasolina foi encontrada com o preço mais elevado de R$ 2,890, vendido à vista no Posto Világgio. Quem for pagar à prazo, vai encontrar o litro da gasolina sendo vendido de R$ 2,49 a R2,89.

No caso do álcool vendido na Capital, o litro do combustível apresenta os mesmos preços para quem for pagar à vista ou à prazo. Os valores variam de R$ 2,079 (Posto Extra – Bairro dos Estados; Novo Milênio, no Bessa; e Carrefour, no Bessa) e R$ 2,499 (Posto Emília, em Manaíra). A variação é de 20,2% com diferença de R$ 0,42 no litro do combustível.

Segundo a pesquisa, o diesel para pagamento à vista tem o menor valor de R$ 1,88 (Posto Opção, na Via Oeste e no Bairro das Indústrias) e maior preço de R$ 2,199 (Posto Villágio, nos Bancários). O gás natural pode ser encontrado por R$ 1,799, no Posto Metrópole, na Epitácio pessoa.

Para ter acesso às pesquisas de preço do Procon-JP o consumidor pode se dirigir à sede do órgão, localizada na avenida Pedro I, 331, Centro, ou no link Pesquisa Procon.