Pesquisa mostra que preço da gasolina se mantém e do álcool cai

Por - em 47

O menor preço cobrado pelo litro da gasolina nos postos de combustíveis da Capital é o mesmo do final do ano passado (R$ 2,50), de acordo com pesquisa realizada pelo Procon Municipal. Já para o menor valor do álcool foi registrada uma queda de R$ 2,049 para R$ 1,97. Com isso, a variação percentual passou de 12,2% para 16,7% entre os estabelecimentos pesquisados.

De acordo com o levantamento, o menor preço da gasolina comum é encontrado no Posto Máster Gás, na Avenida Epitácio Pessoa. O maior valor para a gasolina comum é de R$ 2, 69, no Posto Ferrari, no Centro. Isso representa uma variação de 7,6%, e os consumidores podem economizar até R$ 0,19 a cada litro abastecido.

Já a gasolina aditivada varia 5,9%, sendo vendida de R$ 2,549 a R$ 2,699. O menor preço foi verificado pelos pesquisadores do Procon-JP no Posto Novaes, na Avenida Adolfo Massa, no bairro dos Novaes. Já o maior preço foi verificado em três estabelecimentos. São eles o Posto Ayrton Senna, nos Ipês, o Ataíde Bezerra, na Torre, e o do Carrefour, no Bessa.

Segundo a pesquisa do Procon-JP, apesar de o menor preço do álcool ter reduzido, o maior se manteve em R$ 2,299. A economia é de até R$ 0,33, caso os consumidores abasteçam o veículo no posto Ferrari. O litro do produto tem o maior valor no posto Villaggio, na principal dos Bancários.

O Procon-JP também verificou a variação de preço do gás natural veicular (GNV) e constatou que o metro cúbico é comercializado de R$ 1,699 a R$ 1,82, representando uma diferença de 7,1%. Com isso, os consumidores podem economizar até R$ 0,12 por cada metro cúbico. O menor valor foi verificado no posto Bom Jesus, na BR – 101.

Clique no link para pesquisa completa