Pesquisa revela variação de até 275% em tarifas bancárias

Por - em 14

Para monitorar a atuação dos bancos, o Procon de João Pessoa divulgou pesquisa de preços realizada em oito instituições bancárias e constatou variação de até 275% entre as tarifas. O valor mais elevado foi encontrado no cheque de transferência bancária, que custa entre R$ 0,40 e R$ 1,50. Apenas o HSBC não cobra.

Foram pesquisadas tarifas relacionadas à cadastro, contas, cartão cheque, saque, depósito, consulta, transferência, operações de crédito e pacote de serviços. Também foi constatada elevada oscilação de preço na tarifa bancária relativa ao fornecimento de extrato mensal para depósito em conta corrente ou poupança ou ainda por um período determinado. O serviço tem taxas a partir de R$ 1,30 (Itaú e Unibanco) chegando a R$ 4,30 (HSBC). Este ítem apresenta variação de 230 %.

Os pacotes mensais para manutenção das contas correntes (pessoa física) podem ser encontrados na pesquisa atual com valores entre R$ 14,50 e R$ 21,00, diferença de R$ 6,50 e variação de 44,8%. A pesquisa também constatou que as instituições estão obedecendo a determinação do Banco Central, de setembro de 2009, de não cobrar pela renovação de cadastro de correntistas, cuja tarifa era paga até duas vezes ao ano. Antes da proibição entrar em vigor, este valor chegava até R$ 48,00.

No Procon existe um grande número de reclamações por parte dos clientes sobre a cobrança das tarifas, cujos valores eram variados, e não havia uniformidade no serviço dos bancos. Além disso, nem todos cobravam pela renovação. De acordo com o secretário geral do Procon-JP, Watteau Rodrigues, o monitoramento visa coibir a cobrança indevida e também eliminar a falta de uniformidade dos procedimentos adotados na prestação do serviço de renovação cadastral. “Também não houve reajuste das tarifas em relação à ultima pesquisa realizada pelo Procon, o que pode sinalizar um ponto favorável da atuação da nossa equipe de pesquisa, que sempre está monitorando a atuação destes bancos”, completa.

A pesquisa constatou que o Banco do Brasil e o Bradesco deixaram de cobrar pela abertura de cadastro junto à instituição financeira. No entanto, em outros seis bancos essa taxa varia em até 107 %. Os menores valores deste serviço são praticados no Santander e Real. A pesquisa abrangeu as agências dos seguintes bancos: Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Santander, Real, Unibanco e HSBC.