- Prefeitura Municipal de João Pessoa - http://www.joaopessoa.pb.gov.br -

PlanMob conclui primeira semana das reuniões setoriais

[1]Nesta sexta-feira (4), dois segmentos concluíram a primeira semana das reuniões setoriais para a discussão do Plano Diretor de Mobilidade Urbana da Microrregião de João Pessoa (PlanMob). Pela manhã, representantes de fundações, associações e institutos participaram do evento. Já a tarde, organizadores de pedais e ciclistas estiveram envolvidos no debate que está sendo coordenado pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), no auditório do Sebrae.

O objetivo das reuniões foi ouvir as principais percepções sobre os diversos elementos que irão contribuir com a construção das diretrizes da mobilidade urbana da Capital para os horizontes futuros a médio e longo prazo, 10 e 20 anos, respectivamente.

Após as etapas do Plano de mobilidade, que são: conhecer a mobilidade presente e o que pensa a população, a projeção de cenários para a cidade no futuro, a elaboração das diretrizes e a seleção das propostas, um documento vai ser criado que se transformará em um projeto de Lei para ser encaminhado à Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) e assim se tornar uma Lei Municipal.

No encontro que reuniu as instituições, fundações e associações foram discutidos a preocupação da acessibilidade das pessoas com deficiência, piso tátil, transporte público, manutenção e adequação das calçadas, conduta dos operadores dos coletivos e a fiscalização nas vagas da Zona Azul.

A vice-presidente da Asdef, Carolina Vieira, agradeceu e parabenizou a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) pela iniciativa de chamar os vários segmentos para dialogar e contribuir para a construção do Plano. “Com todas as entidades fazendo a sua parte, poderemos esperar que essas discussões saiam do papel e se torne uma realidade o mais breve possível”, declarou.

Já as representações dos ciclistas, reivindicaram mais ciclovias e ciclofaixas, ampliação da malha cicloviária, campanhas educativas, compartilhamento de espaços e segurança. Segundo Sara Medeiros, da rede de colaboradores do Anjo Bike, que existe no Brasil e em alguns países do mundo, há um projeto para a inclusão da bicicleta como forma prioritária no Plano de Mobilidade.

[2]“Nossa expectativa é muito boa em relação ao Plano, já que a PMJP chamou os movimentos sociais e estamos dispostos a contribuir para uma mudança de cultura em nossa cidade com a inclusão dos veículos não motorizados e também a melhoria dos coletivos, fazendo com que o transporte particular seja menos utilizado, dando lugar aos espaços públicos. A nossa esperança é que a cidade seja para pessoas e não para carros”, ressaltou Sara.

Pela manhã estiveram presentes a Associação Paraibana de Deficientes (ASPADEF), Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (FUNAD), Associação de Deficiente e Familiares (ASDEF), Associação Atlética das Pessoas com Deficiência da Paraíba (AAPD), Assessoria e Consultoria para Inclusão Social (AC Social) e o Centro de Atividades Especiais Helena Holanda (CAEHH).Já a tarde foram os representantes do Bike Anjo, Cidade Bike, Pedal dos Amigos, Pedal Jampa e Federação Paraibana de Ciclismo e Pedais.

Na segunda-feira (7), serão realizados dois encontros, pela manhã com representantes dos setores de transportes e trânsito e a tarde com os conselhos de classe e sindicatos, meio ambiente e patrimônio, sempre no auditório do Sebrae.

Pesquisa Domiciliar – Além das reuniões setoriais, foi iniciada nesta quarta-feira (2) uma pesquisa de origem destino que vai consultar 12 mil domicílios da Capital. O objetivo é traçar as linhas de desejo de deslocamento da população e os motivos das viagens.

Para conhecer melhor o PlanMob, está disponível o site: www.planmob.joaopessoa.pb.gov.br [3], onde a população poderá ter acesso as últimas notícias, cronograma, agenda, relatórios,podendo dar sugestões e esclarecer dúvidas sobre o plano de mobilidade da cidade de João Pessoa. Veja o cronograma completo das reuniões no link: https://goo.gl/b2KvDb [4]

[5]