Plano especial de mobilidade para a Romaria da Penha terá 135 ônibus extras

Por - em 896

mapa_romaria_penhaA Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) de João Pessoa concluiu o plano de mobilidade para a Romaria de Nossa Senhora da Penha, que chega aos 251 anos de história. A procissão acontece neste fim de semana e terá um esquema especial para garantir a fluidez do trânsito, e 135 ônibus extras para o retorno dos fiéis no fim do encontro religioso. A Semob vai disponibilizar 95 agentes de mobilidade, escalados durante todo o evento, garantindo a segurança dos pedestres até o encerramento da romaria, na manhã do domingo (30).

O efetivo de agentes da Semob vai iniciar a operação às 16h do sábado (29) com o bloqueio de vias no Centro da cidade. O plano se estende até o fim do evento no domingo (30) no Santuário da Penha.  Um trecho da Avenida João Machado, entre a Rua das Trincheiras e a Rodrigues de Aquino, será interditado na tarde do sábado para a concentração dos fiéis e organização da saída da procissão da Igreja Nossa Senhora de Lourdes.

Roberto Pinto, superintendente da Semob, informou que estão sendo feitos todos os esforços para garantir a mobilidade do tráfego e a segurança dos pedestres. “Estamos empenhados e trabalhando muito para que tudo saia conforme o planejado para garantir a segurança do cortejo e a mobilidade do trânsito. Essa foi a determinação que recebemos do prefeito Luciano Cartaxo, haja vista a importância, a história e a grandiosidade da Romaria da Penha”, disse.

Na Penha – Na área do Santuário, já a partir das 7h do sábado, será feito o isolamento total do seu entorno. Apenas os veículos dos moradores que estiverem portando o adesivo “Trânsito livre” fornecido pela Semob poderão circular no local. A medida tem por objetivo evitar que veículos estacionem na área do santuário que será reservada para a movimentação dos fiéis.

Opções de tráfego – Os pontos de isolamento na concentração serão estendidos de acordo com o aumento do número de fiéis, devendo o fluxo da Avenida João Machado, entre a Rua das Trincheiras e a Tabajaras (Praça Castro Pinto) ser interditado a partir das 20h.

Após o bloqueio do cruzamento entre a Avenida João Machado e a Avenida Tabajaras, os veículos que vêm da Vasco da Gama em direção ao Centro, deverão seguir pelas ruas Capitão José Pessoa, Rodrigues de Aquino, Irineu Joffiliy, Rodrigues Chaves e Nina Lima até a cidade baixa ou em frente, indo à Praça Venâncio Neiva.

Os veículos que saem do Centro com destino à Avenida Cruz das Armas, após o fechamento do cruzamento na Diogo Velho com João Machado, deverão seguir pela Rua Desembargador José Peregrino, cruzar a Rodrigues de Aquino, indo até a Nina Lima e retornando para a Avenida das Trincheiras.

Saída do cortejo – Com o início do deslocamento dos fiéis, previsto para as 22h, os agentes de mobilidade serão remanejados para os outros pontos, mais à frente do cortejo, efetuando os bloqueios e os desvios necessários para a segurança dos pedestres.

A Romaria da Penha tem um percurso de 14 quilômetros saindo da Igreja de Lourdes, na Avenida João Machado, seguindo pela Avenida Dom Pedro II, Via Expressa Padre Zé (CT da UFPB), Principal dos Bancários (Avenidas João Rodrigues Alves, Sérgio Guerra e Walfredo Macedo Brandão) e Avenida Hilton Souto Maior, a partir da entrada de Mangabeira até a Penha. A previsão de chegada do cortejo é às 4h, na Praça Oswaldo Pessoa, no Santuário da Penha.

Monitoramento – O trajeto da romaria será monitorado também com o auxílio das câmeras na sede da Semob. Os equipamentos no entorno da procissão estão instalados nos seguintes pontos: cruzamento da Avenida João Machado com Vasco da Gama (Centro); Pedro II com Rui Barbosa; Pedro II em frente ao Ibama; CCHLA com Pedro II (Via Expressa Padre Zé); José Alexandre Lira com João Rodrigues Alves/ Sérgio Guerra com Rosa Lima dos Santos (Bancários); entrada de Mangabeira e Hilton Souto Maior com PB 008 (antigo Posto Federal).

As outras 43 câmeras da Semob auxiliarão a gestão do tráfego, permitindo uma ampla visão da cidade, pois com as interdições outros pontos passam a ter maior movimentação de veículos.

Táxi – Para garantir o retorno dos fiéis que pretendem utilizar o serviço de táxi após o encerramento da romaria, haverá um ponto de embarque de passageiros na PB-008, ao lado do estacionamento dos ônibus.

Ônibus – A Semob também montou um plano especial para atender os usuários do transporte coletivo durante a Romaria da Penha. Serão colocados 100 ônibus extras da empresa Transnacional e 35 da Marcos da Silva, que circularão por toda a região de Mangabeira e pela Avenida Epitácio Pessoa até o Terminal de Integração do Varadouro (TIV), partindo da Penha. Os ônibus ficarão estacionados na PB-008, próximos do antigo posto de combustíveis “Federal”.

As linhas do Tetéu estarão operando normalmente durante toda a madrugada do domingo. A exemplo do ano passado, a Semob vai disponibilizar a partir do TIV, entre 4h30 e 5h30 do domingo, mais quarenta viagens extras das linhas 102-Costa e Silva; 104-Bairro das Indústrias; 105-Cidade dos Funcionários; 109-Rua do Rio; 114-Grotão; 116 e 5201-Colinas do Sul; 118-Valentina/Paratibe; 7120-Parque do Sol; 7118-Muçumago; 701-Acesso Oeste; 504-Mandacaru e 5100-Circular.

Equipes da Seção de Fiscalização de Transporte Público (SEFTP) vão controlar a saída/embarque/desembarque nos ônibus durante e após o término do evento religioso.

A Semob pede aos motoristas que contribuam para a fluidez do trânsito e a segurança dos pedestres, evitando estacionar os veículos em locais proibidos, como calçadas, esquinas e entradas de garagens. Para solicitações ou reclamações, a população pode ligar para a Central de Reclamações e Informações (Cerin), pelo telefone 0800 281 1518, 3218-9310 e 3218-9311.