Plano prepara a Saturnino de Brito para estação das chuvas

Por - em 54

O ‘Plano de Contingência: preparação para emergências’, coordenado pela Defesa Civil de João Pessoa e executado em conjunto por várias secretarias municipais, chegou na manhã desta segunda-feira (17) à Comunidade Saturnino de Brito, no bairro do Varadouro. Em dois dias de trabalho, espera-se retirar mais de 160 toneladas de lixo em dois dias. As ações são preventivas, com a finalidade de amenizar os efeitos do próximo inverno em comunidades consideradas áreas de risco.

No local, 60 homens da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) estão realizando o recolhimento do lixo, a limpeza das encostas e da via pública, a desobstrução das galerias, esgotos e dos poços de visitas (Pvs).

Em um trabalho paralelo a essa ação, agentes ambientais e de saúde cuidam da parte educativa e de conscientização da população, orientando os moradores a não jogar lixo nas vias públicas, além de ensinar a acondicionar os resíduos sólidos corretamente.

Logo após a ação da Emlur, a Secretaria de Infra-Estrutura (Seinfra) vai recuperar o meio-fio, pavimentação, linha d’água e galerias. Os trabalhos seguem por aproximadamente dois dias e depois são transferidos para a Comunidade Boa Esperança (no bairro do Padre Zé).

O coordenador da Defesa Civil, Manoel Duré, disse que mais de 160 toneladas de lixo serão retiradas dessa comunidade e diante disso faz um alerta à população sobre os danos que pode sofrer ao depositar lixo em locais inadequados, apelando aos moradores para que sejam parceiros desse Plano de Contingência.

“A população tem que ajudar a si mesma, pois senão a própria natureza se volta contra ela. Se continuarem a jogar lixo nas galerias e via pública, a água das chuvas não terão por onde escoar e vão invadir as casas ou provocar danos maiores. Todos devem fazer a sua parte. Cada um de nós tem que acondicionar o lixo de forma correta e, por isso, o Plano visa também a conscientização”, relatou Duré. Nesse particular, os agentes ambientais distribuem panfletos e pedem aos moradores que acondicionem o lixo em sacos plásticos.

A área da Comunidade Saturnino de Brito é considerada de risco iminente de deslizamentos de barreiras e inundações. Segundo Duré, a Saturnino fica entre as barreiras de duas comunidades (Branca Dias e Renascer), recebendo água das chuvas de uma e o acúmulo pode ocasionar deslizamento de barreira na outra. Portanto, cada órgão em sua especialidade adotará medidas que achar necessárias preparando essa comunidade para o período chuvoso. Este é o quarto ano consecutivo que o Plano vem sendo executado pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) através de suas secretarias, contando com o apoio de órgãos estaduais e federais.