PMJP abre 1º Curso de Formação para Cozinhas Comunitárias

Por - em 64

O prefeito Luciano Agra abrirá nesta terça-feira (22), às 9h, no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria, o 1º Curso de Formação do Programa Cozinhas Comunitárias. O objetivo é qualificar os profissionais que deverão compor as equipes das cinco Cozinhas Comunitárias que a Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por sua Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), implantará nos bairros dos Novais, Gervásio Maia, Taipa e Timbó, no dia 22 de março.

As Cozinhas são equipamentos públicos de alimentação e nutrição que produzem, distribuem e/ou vendem a preços acessíveis refeições saudáveis a pessoas em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar. Elas fazem parte do Sistema Nacional de Segurança Alimentar (Sisan) e atuam de forma integrada com os Bancos de Alimentos e ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), além de desenvolver ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN).

A diretora de Trabalho, Renda e Economia Solidária da Sedes, Vaulene Rodrigues, as cinco comunidades beneficiadas foram estrategicamente definidas para o desenvolvimento de uma política municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, pautada pela participação popular e mobilização comunitária, educação alimentar e nutricional e pela intersetorialidade.

“A realização deste curso de formação é fruto do cuidado e atenção com a qualidade dos serviços que pretendemos desenvolver junto às unidades e aos beneficiários. Pretendemos disponibilizar nestes espaços cursos e palestras com a temática de segurança alimentar e nutricional. Além de incluir na programação de inauguração, oficinas de grafitagem destinadas aos jovens das comunidades contempladas”, destacou Vaulene.

Participarão do curso todos os profissionais que direta ou indiretamente atuarão nas Cozinhas, como educadores e lideranças comunitárias, auxiliares de cozinha, auxiliares de serviços gerais, cozinheiros, auxiliares administrativos, vigilantes e nutricionistas. Dentre temas a serem abordados, destacam-se: o Programa Cozinhas Comunitárias e o fortalecimento de uma Política de Segurança Alimentar e Nutricional; Boas práticas de manipulação de alimentos; Elaboração de cardápios saudáveis; Educação Popular: um jeito diferente de conduzir a educação alimentar e nutricional.

As Cozinhas Comunitárias fazem parte da Coordenação de Segurança Alimentar e Nutricional, vinculada a Diretoria de Trabalho, Renda e Economia Solidária da Sedes.