PMJP abre prazo para que famílias visitem imóveis no Residencial Irmã Dulce

Por - em 55

Os futuros moradores do Residencial Irmã Dulce A, B e C, localizado no bairro Colinas do Sul, podem vistoriar os seus imóveis a partir desta segunda-feira (9). A vistoria será realizada das 8h às 16h30, e as famílias têm como opção de ônibus a linha Colinas 501. O prazo se estende até o dia 17 deste mês.

A visita é feita por cada morador que já sabe qual apartamento vai ocupar a partir de agosto, mês previsto para a entrega das chaves dos imóveis. O acesso para o residencial é feito pelas ruas Luiz da Nóbrega Ferreira e Antônio Alves de Souza, em Gramame, perto da caixa d’água, no Colinas do Sul.

Calendário de visita – A Secretaria de Habitação Social (Semhab) definiu uma agenda para que todos possam conhecer o imóvel e verificar se há alguma coisa que precise ser alterada. Nesta segunda-feira, a vistoria está liberada para as famílias que foram sorteadas para o Irmã Dulce C, quadra 72; na terça (10), para o Irmã Dulce C, quadra 69.

O calendário de visitas segue na quarta-feira (11), para as famílias que tiveram os apartamentos sorteados para o Irmã Dulce B, quadra 63; dia 12, quadra 70; e dia 13, quadra 71.

Para as famílias que vão para o Irmã Dulce A, na quadra 58, a vistoria será no sábado (14). Para a quadra 59, a visita acontece na segunda-feira (16). Na terça-feira (17), as visitas se encerram, com vistoria na quadra 62, também no Irmã Dulce A.

Estrutura – O residencial é mais um empreendimento do programa federal “Minha Casa Minha Vida” e está orçado em R$ 53.839.999,00. Cada bloco é composto por quatro unidades habitacionais, sendo duas no pavimento térreo e duas no primeiro piso. As unidades possuem 42,03m² de área privativa, e cada uma é composta por uma sala de estar/jantar, dois quartos, um banheiro social e cozinha/área de serviço. As medições de água serão individualizadas.

O Irmã Dulce A acolherá 440 famílias, distribuídas em 110 blocos. O B receberá 480 famílias, em 120 blocos, e o C agrupará 320 famílias em 120 blocos. Em todo o residencial, 16 pessoas vão ocupar apartamentos adaptados, por terem necessidades especiais.

O empreendimento também conta com infraestrutura básica de rede de abastecimento de água, rede de esgotamento sanitário, drenagem, pavimentação e energia elétrica/iluminação pública. No entorno do Residencial Irmã Dulce, os novos habitantes vão contar com rede de energia elétrica, coleta pública de lixo, telefone e transporte público. A lista com os contemplados pode ser conferida no site da PMJP ou na sede da Semhab, em Jaguaribe.

SERVIÇO:

Vistoria nos apartamentos

Local: Residencial Irmã Dulce A, B e C, situado nas ruas Luiz da Nóbrega Ferreira e Antonio Alves de Souza, Gramame, próximo à caixa d’água do Colinas do Sul

Período: De 9 a 17 de julho