PMJP adapta ônibus e leva feira agroecológica a bairros da cidade

Por - em 36

João Pessoa vai ter, a partir desta quinta-feira (10), uma “feira sobre rodas”. Dentro de um ônibus adaptado, uma equipe de cinco pessoas irá comercializar produtos orgânicos, livres de agrotóxicos, cultivados por 12 pequenos agricultores da zona rural da Capital. Trata-se da Feira Agroecológica Itinerante da Prohort – a Associação de Produtores Agroecológicos – criada com o apoio do Cinturão Verde, linha de crédito especial do Empreender-JP.

Inicialmente, ela irá funcionar todas as quintas-feiras, das 5h às 8h, no Busto de Tamandaré. Mas a ideia é levar a iniciativa para percorrer outros bairros da cidade. Na futura rota da Feira Itinerante está o Bessa (próximo à Cidade Viva), o Bairro dos Estados (próximo ao Sebrae), o Miramar (próximo à Praça das Muriçocas) e as Avenidas principais dos Bancários e de Mangabeira VII.

“Trata-se de um passo significativo dos associados da Prohort no sentido do processo de fortalecimento econômico e organizacional para a auto-gestão”, explica o coordenador do programa Cinturão Verde, Roberto Vital. De acordo com ele, a idéia da feira itinerante recebeu recursos de uma parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

O projeto do ônibus-feira foi desenhado pela designer e projetista de tecnologias sociais, Késia Veiga. Ela conta que o trabalho é pioneiro no estado e que as primeiras ideias surgiram ainda em 2008. “Já existem três feiras fixas da Prohort ocorrendo semanalmente e pensamos em uma que percorresse os bairros, com produtos frescos e de excelente qualidade. A partir daí, fomos atrás de um ônibus ou caminhão baú para adaptá-lo e torná-lo uma quitanda”, explica.

Uma empresa local resolveu apoiar o projeto e doou o veículo, que foi transformado em um “motor room”, com toalete, armários, prateleiras, quitanda e gavetas na área interna. No exterior do veículo, foram colocados dois toldos para dar abrigo à parte dos produtos que serão comercializados do lado de fora do ônibus.

“O projeto ficou ‘clean’, nada sofisticado. Ficou útil e eficiente”, explica Késia Veiga. De acordo com ela, o veículo é feito com madeira naval, resistente a água, e coberto com fibra, o que facilita a higienização. “Existe uma separação removível entre as baias, que serão adaptadas de acordo com a safra. Por exemplo, se estiver na época de manga, iremos destinar duas baias para venda de manga. Então basta retirar a divisória entre elas para que fique uma só”.

Após cada feira, o veículo será lavado internamente. Nesse processo, são retiradas todas as divisórias entre as baias e o espaço recebe uma higienização. “Há também freezers dentro do ‘motor room’ e toda a parte elétrica funciona independente”, explica a designer do projeto.

Mais feiras – Atualmente, a Prohort já realiza feiras fixas em João Pessoa durante três dias da semana. Às sextas-feiras, das 5h às 9h, o evento é na Praça da Paz, no bairro dos Bancários. Aos sábados e domingos, das 6h às 11h, é a vez do Mercado Público do Valentina.

Desde 2005, quando foi criada, o Cinturão Verde, linha de crédito do Empreender-JP voltada aos pequenos agricultores, já liberou R$ 1,2 milhão através de 315 operações de crédito contratadas com recursos do Pronaf (Programa Nacional de Apoio à Agricultura Familiar) e do Fundo Municipal de Incentivo aos Pequenos Negócios. Além dos financiamentos, o Cinturão Verde também desenvolve eventos de capacitação, assistência técnica agronômica, zootécnica e gestacional, sempre com atenção à agroecologia e à preservação ambiental.