PMJP anuncia novas inscrições para Empreender, nesta quinta

Por - em 57

A nova sede da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp) será inaugurada nesta quinta-feira (30), a partir das 8h30. O prédio, localizado na Rua Cardoso Vieira, nº 85, antiga sede da PMJP, passou por reformas e recebeu uma estrutura moderna e confortável para abrigar o Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios (Empreender-JP), o Sistema Nacional de Empregos e o Projeto Cinturão Verde. “Nas novas instalações vamos oferecer à população de João Pessoa um atendimento personalizado em salas climatizadas e informatizadas”, festeja o secretário Raimundo Nunes Pereira, da Sedesp. “Com isso, esperamos facilitar o atendimento ao cidadão”.

Na solenidade de inauguração, será anunciada a abertura das inscrições para o Empreender-JP. Além disso, haverá a liberação de 200 novos financiamentos a empreendedores de João Pessoa, com a assinatura de contratos que, somados, devem atingir valor superior a R$ 330 mil. Antes de ter acesso ao financiamento, todos os inscritos no programa participam de curso de capacitação com duração de 18 horas, intitulado ‘Orientação para o Crédito’, e de palestras empresariais, onde têm a oportunidade de aprender sobre gestão de negócio, processo produtivo e marketing.

Eles também recebem ajuda de técnicos da Sedesp para a elaboração de um plano de negócios, que depois é analisado pelo Comitê Gestor do Fundo Empreender. “Além disso, todos eles assinam um contrato de mútuo individual e os nomes de todas as pessoas aprovados pelo Fundo Empreender e que vão receber financiamento são publicados no Semanário Oficial do Município”, esclarece Raimundo Nunes.

Para o secretário, o Empreender-JP é muito mais que um programa de crédito. Ele trabalha com a inclusão social de pessoas que precisam de apoio para crescer como empresários. “Não fazemos simplesmente liberar financiamentos, nós preparamos essas pessoas para a vida empresarial”, ressalta.

Acesso ao Pronaf – No evento, também será assinado convênio com o Banco do Brasil, onde o empreendedor assistido pelo Cinturão Verde terá acesso aos financiamentos da linha do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) processado integralmente na base operacional da Sedesp.

“Isto significa um avanço importantíssimo tanto para o agricultor, que não mais precisará enfrentar filas e burocracia bancária, em prejuízo do seu tempo nas tarefas da roça, como para os técnicos do projeto que agora têm toda condição objetiva para planejar, contratar, liberar/sustar, acompanhar/monitorar todo desenrolar da operação de financiamento do Pronaf”, comemora Roberto Vital, coordenador do Cinturão Verde. Mais informações pelos telefones 8831-6861 (Raimundo Nunes) ou 8823-1929 (Eduardo Carneiro).