PMJP anuncia reajuste e construção de residencial para servidores municipais

Por - em 133

O prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, anuncia nesta sexta-feira (4) um reajuste de 14,9% nos salários dos agentes comunitários de Saúde (ACS) e a construção do Residencial Jesus Misericordioso, novo empreendimento habitacional composto por 328 unidades para servidores municipais. Na solenidade, que será realizada no auditório da Estação Cabo Branco- Ciências, Cultura e Artes, a partir das 16h, também ocorrerá a entrega dos kits de trabalho para cerca de 1400 agentes.

Com o aumento, os agentes comunitários de Saúde passam a receber R$ 1 mil mensais, sendo este valor com efeito retroativo ao dia 1º de abril.  De acordo com a gerente de atenção básica à saúde, Thais Mattos, de 2005 a 2012, houve um reajuste de 130,18% com ganho real de 92,97% no salário dos agentes.

 

“O benefício foi estabelecido em uma negociação entre a gestão da SMS e a categoria. Foi firmado um termo de compromisso no qual a gestão e a categoria se comprometeram em melhorar a qualidade de atendimento à população, condições de trabalho dos agentes e a melhoria salarial da categoria. A entrega do fardamento e a melhoria salarial são justamente fruto desse compromisso. Desde 2007, quando foi realizado um concurso para a categoria, já convocamos mais de 900 agentes e promovemos a capacitação constante de todos eles”, destacou Thais Mattos.

Kit de trabalho – Aproximadamente 1400 Agentes Comunitários de Saúde (ACS) recebem nesta sexta-feira (4) um kit com fardamento e identificação, incluindo colete, boné, camisa, mochila e protetor solar. Dentre as ações do agente de comunitário de Saúde está o diagnóstico demográfico e sócio-cultural da comunidade, promoção de ações de educação para a saúde, controle e planejamento das ações de saúde, monitoramento de situações de risco à família e a participação em ações que fortaleçam os elos entre o setor saúde e outras políticas que promovam a qualidade de vida.

Moradia para servidores – A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) também anuncia nesta sexta-feira (4) a construção do Residencial Jesus Misericordioso, novo projeto habitacional composto por 328 unidades  direcionado para os servidores municipais. O empreendimento é uma parceria entre a PMJP e a Caixa Econômica Federal (CEF), através do programa “Minha Casa. Minha Vida” e está orçado em R$ 22.960.000,00.

O Residencial será edificado na Avenida General Pedro Gonçalves de Medeiros, 450, em Oitizeiro, próximo ao acesso Oeste. A área residencial é de 1,91 hectares, com área verde de 5.204,00 m2, churrasqueira, academia, mini campo de areia, parques, espaço comunitário com depósito, copa, duchas e banheiros, vias pavimentadas e drenadas, rede de esgotamento sanitário e uma vaga de estacionamento por apartamento. O contrato para a construção da obra é de 24 meses.

Como fazer a inscrição –  Os servidores interessados em se inscrever para o Residencial Jesus Misericordioso devem ter renda mínima familiar bruta em torno de R$ 1.500.00. As inscrições estão sendo realizadas na sede da Secretaria Municipal de Habitação Social (Semhab), das 13h às 18h. A área privativa de cada apartamento mede 50,41m2 e conta com dois quartos, sendo um suíte, sala, copa e cozinha, área de serviço, banheiro social, ponto de antena coletiva, porteiro eletrônico, água e energia individuais e unidades adaptadas para portadores de necessidades especiais.

Documentação necessária para aquisição do imóvel:

Dos compradores

  • Carteira de Identidade (original e três cópias)
  • CPF (original e três cópias)
  • Comprovantes de rendimentos dos três últimos meses (originais e três copias do último. Os demais, uma cópia)
  • Comprovante de residência (original e três cópias)
  • Declaração de Imposto de Renda (original e uma cópia)
  • Certidão de estado civil (original e uma cópia)
  • Comprovante de pagamento do último mês de empréstimo, financiamento, consórcio, plano de saúde, cartões de crédito (originais e uma cópia)
  • Extrato bancário
  • Faturas de cartão de crédito dos três últimos meses e extratos bancários dos três últimos meses

 

Formulários complementares

  • Fichas de cadastro do casal, se for o caso
  • Guia de recolhimento tarifa
  • Declaração do empregador

No caso de utilização do FGTS

  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (original e uma cópia das páginas referentes à identificação, contrato de trabalho, opção pelo FGTS e PIS ou Pasep)