PMJP apóia realização do Festival Zumbi de Africaxé na Usina Cultural

Por - em 28

Termina neste sábado (21), o IV Festival Zumbi de Africaxé, que está sendo realizado desde quinta-feira (19), na Usina Cultural da Energisa, na Capital. O evento tem o apoio da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Fundação Cultura de João Pessoa (Funjope), e reúne diversas manifestações da cultura negra: como música, dança, gastronomia e oficinas de cultura afrobrasileira. Cerca de 400 profissionais estão envolvidos no evento que é organizado pelo grupo Zumbi de Cultura Popular.

O pesquisador e coordenador do Grupo Zumbi, Benedito dos Santos (Bené), o maior objetivo do Africaxé é a valorização da diversidade cultural brasileira e das influências da matriz africana através das artes. Ele entende que o evento difunde a luta pelo fortalecimento da cultura negra e suas particularidades, além da desmistificação de preconceitos. Entre as atrações do evento estão grupos da Paraíba – Caiana dos Criolos, de Alagoa Grande – e de Pernambuco ( Oxum Pandá, de Olinda) que mostrarão as raízes quilombolas na sexta-feira. Ainda destacam-se as presenças de Vó Mera e seus Netinhos e o Coco de Roda Novo Quilombo, de Gurugi.

A novidade deste ano é a inclusão da educação nas atividades. As escolas das redes públicas e privadas poderão, nesta sexta-feira e sábado, participar de oficinas de pintura corporal, percussão, técnica de trançado, contação de estórias e rodas de conversa. Além das oficinas haverá a exposição ‘Talhado na Memória’, do fotógrafo paraibano Gustavo Moura, e fórum de discussão que vai abordar a promulgação do ‘Estatuto da Igualdade Racial’. O evento faz parte das comemorações do ‘Mês da Consciência Negra’, cuja dia é comemorado nesta sexta-feira (20) em todo Brasil. A data é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.