PMJP apresenta mostra de ‘Oficinas Culturais nos Bairros’ nesta terça

Por - em 48

O resultado do projeto ‘Oficinas Culturais nos Bairros’ promovido em 42 bairros da cidade pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), será apresentado nesta terça-feira (13), a partir das 14h, no Ponto de Cem Reis. A mostra, que reúne o trabalho realizado em 100 oficinas ocorridas de maio a novembro deste ano, envolvendo 68 entidades, é promovida pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por intermédio da sua Fundação Cultural (Funjope).

Segundo a organização da mostra, este será um momento em que oficineiros, participantes, gestores e população, poderão interagir a partir das vivencias que serão apresentadas nas tendas instaladas nas praças. A programação prioriza pequenas apresentações das oficinas ministradas nas entidades comunitárias da cidade, de diferentes linguagens artísticas, a exemplo de teatro, dança, música, literatura, artesanato, rádio comunitária, audiovisual e artes visuais.

A assessora pedagógica da Funjope, Déa Limeira, indicou que “essa mostra é uma oportunidade em que o projeto educativo das ‘Oficinas Culturais da Funjope’ vai à praça pública expor a sua produção e dizer à cidade o que os bairros têm vivenciado com os projetos de arte educação, aproximando crianças, jovens e idosos de novas oportunidades de aprendizado e potencializando seus fazeres culturais”.

O projeto – ‘Oficinas Culturais nos Bairros’ é uma iniciativa que acontece desde 2008, contemplando diferentes espaços comunitários localizados nos bairros da Capital, com acesso gratuito à população de todas as faixas etárias, visando o estímulo e desenvolvimento de ações de difusão e formação cultural. As oficinas possuem um caráter de inclusão, devendo facilitar aos participantes o desenvolvimento da sua percepção nos âmbitos do pensar e do fazer artístico-culturais.

Memórias do Futuro – Na próxima terça-feira (20) a partir das 16h, no Teatro Lima Penante, acontece o lançamento do vídeo documentário ‘Memórias do Futuro’. O filme, produzido por Pedro Osmar e Déa Limeira, é um registro das experiências das ‘Oficinas Culturais da Funjope’, realizadas em 38 bairros da cidade, envolvendo 61 entidades, durante o ano de 2010.