PMJP assina convênio para implantar serviço de hospedagem alternativa

Por - em 35

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria Executiva de Turismo (Setur), assinou um convênio com o ‘Sistema Bed and Breakfast Brasil’ (Cama e Café), para implantar um programa de hospedagem alternativa na Capital paraibana. A assinatura aconteceu nessa terça (13), no Hotel Xênius, entre o secretário de Turismo, Elzário Júnior, e o coordenador do BB Brasil Loris Copagrossi. O programa já funciona em dez Estados do país, sempre com muito êxito.

O objetivo é desenvolver uma metodologia própria de seleção para as residências que se cadastraram na experiência inicial do programa, que aconteceu durante o concurso do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), realizado no ano passado. A partir deste convênio, a PMJP ficará responsável apenas pela qualificação dos profissionais cadastrados.

Todas as 19 residências da Capital que participaram do programa aqui em João Pessoa no concurso do TER já atendem aos pré-requisitos necessários para integrar a rede BB Brasil. Elas passaram por várias visitas técnicas realizadas pelos profissionais da Setur para estarem dentro das normas exigidas.

A idéia do programa Hospedagem Alternativa, de acordo com Elzário Junior, secretário executivo de Turismo de João Pessoa, é dar oportunidade às pessoas que queiram desenvolver em sua residência uma alternativa de hospedagem diferenciada.

De acordo com Elizabeth Porto, diretora de Desenvolvimento Institucional da Setur, a partir de agora, a secretaria irá fazer parcerias com instituições de ensino e centros de capacitação para qualificar esses novos empreendedores. “Queremos juntamente com Senac e o programa Empreender-JP viabilizar cursos voltados para a qualidade do atendimento e orientações administrativas e financeiras para estes novos empreendedores”, comentou.

Experiência – A hospedagem alternativa teve início em João Pessoa durante a realização do concurso do TRE, pois os hotéis e pousadas da cidade já dispunham de vagas para hospedar os candidatos de outros Estados. Nesta época, foram selecionas 19 residências para participar do programa. Hoje, a Setur promove reuniões para observar a tabela de preços e ainda para verificar a possibilidade de incluir os participantes no Empreender-JP e conseguir financiamentos que venham gerar uma melhor qualidade nos equipamentos oferecidos para os hóspedes.

A ‘Hospedagem Alternativa’ é baseada no sistema bed and breakfast (cama e café), que permite ao turista ficar na casa de uma família comum, com ou sem direito a café da manhã, pagando um preço de acordo com a sofisticação das instalações, que podem incluir de ar-condicionado até piscina.