PMJP atende mais de 2,6 mil pessoas através do Programa de Atenção ao Idoso

Por - em 297

sedes_papi_fachada_foto_adrianofranco_01 copyNesta terça-feira, dia 1° de outubro, é comemorado em todo o Brasil o Dia do Idoso. Dentre as várias políticas públicas realizadas pela Prefeitura de João Pessoa (PMJP) em benefício e respeito às pessoas da Melhor Idade, está o Programa de Atenção a Pessoa Idosa (Papi), iniciativa realizada por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

“Existe uma preocupação do governo do prefeito Luciano Cartaxo em executar as políticas públicas para a população da terceira idade. Efetivar essas políticas para os idosos significa garantir um envelhecimento com qualidade e com atenção,” afirmou a secretária da Sedes, Marta Moura.

Atualmente, 2.620 pessoas idosas são atendidas pelo Papi. Estas são cadastradas nos 54 Grupos de Convivências, que buscam proporcionar a reinserção social de idosos na família e na comunidade, visando à melhoria na qualidade de vida dessas pessoas através de um resgate social, psicológico e cultural.  “O nosso desafio é atenção a toda João Pessoa com o Programa”, disse a coordenadora do Papi, Nilsonete Ferreira.

Uma das beneficiadas com o programa é a aposentada Maria da Glória Sousa, 63 anos, que mora no bairro Valentina Figueiredo. Ela conta que depois da aposentadoria viu a necessidade de preencher o tempo vago. Por intermédio de amigas, foi convidada a conhecer e participar do Programa de Atenção a Pessoa Idosa (Papi), através do Grupo de Convivência “Anos Dourados”, do bairro de Mangabeira.

“Um simples convite trouxe de volta a minha alegria de viver. Hoje eu sou uma idosa alegre, que gosta de ler, escrever, interagir e de conhecer coisas novas. Somos idosos, mas temos capacidade de fazer tudo que quisermos”, afirmou.

O trabalho que vem sendo realizado no Papi é construído de forma intersetorial entre as Secretarias de Educação e Cultura (Sedec) e de Saúde (SMS). Também há parcerias com a Delegacia do Idoso e o Conselho do Idoso.

Avanços e conquistas – Neste Dia do Idoso são vários os avanços e conquistas obtidos no Programa, que busca todo o momento proporcionar mais qualidade de vida a uma parcela da população que na maioria das vezes é esquecida.

Dentre os avanços estão à geração de renda com trabalhos manuais; formação de grupos de danças, corais, teatros; grupo com apresentação em outros Estados e no Exterior (Portugal); participação em feiras, eventos e congressos; idosos com publicações de livros de poesias; prevenção e promoção em saúde (minimização de quadros depressivos); busca ativa de pessoas em situações de isolamento social; resgate de cidadania e acesso ao lazer.

Programa – Pertencente à Diretoria de Assistência Social (DAS) e ligado a Secretária de Desenvolvimento Social (Sedes), o Programa atende ao público idoso que externa o interesse de participar de um algum grupo como forma de lazer ou que necessita se inserir por se encontrar em situação de vulnerabilidade social.

O Programa cumpre os princípios e diretrizes da Política de Assistência Social (Suas), Lei nº 10.741 de 1º de outubro de 2003 – Estatuto do Idoso, Lei Nº 8.842 de 4 de janeiro de 1994 – Política Nacional do Idoso e Lei nº 8.742 de 7 de dezembro de 1993 – Lei Orgânica da Assistência Social, que nesse ano comemora 10 anos.

Os interessados em participar do Programa de Atenção à Pessoa Idosa devem procurar os grupos de convivência na sua comunidade e se cadastrar. Se preferir, o idoso ou familiar pode entrar em contato com a coordenação do Papi pelo 3218-6955. A sede do Papi fica na rua Dom Pedro I, 849, Centro.