PMJP beneficia moradores do Condomínio Amizade com escritura de casas

Por - em 66

A dona de casa Ângela Maria Laurentino, que nesta quinta-feira (22) completa 40 anos, e é mãe de 11 filhos, disse que não teve presente melhor do que receber no dia do seu aniversário a escritura de sua casa. “Foi um presente em dobro. Agradeço a Deus e ao prefeito de João Pessoa”, declarou emocionada. Tanto ela quanto as 163 famílias que receberam o documento, assinaram o Termo Administrativo de Concessão de Uso Especial para Fins de Moradia, na manhã desta quinta-feira (22) no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), onde foi realizada a solenidade que contou com a presença de secretários municipais, parlamentares e servidores.

O prefeito Luciano Agra disse está muito satisfeito com a entrega da escritura do imóvel. “Queremos acabar definitivamente com o termo “torre de babel” que é uma mancha na história da habitação”, disse ressaltando que o governo está recuperando todos esses imóveis construídos em meados de 1997/1998 e que estão espalhados por toda a cidade. Para Luciano Agra, a questão da habitação estava mal resolvida no país e só a partir do governo Lula passou a receber outro tratamento.

Luciano disse seguir, como um trem numa linha, desde a época em que foi secretario de Planejamento, o Estatuto da Cidade, quando quer fazer habitação com conceito de habitabilidade e qualidade. Prometeu aos habitantes do “Amizade” que o esgotamento sanitário é a próxima etapa a ser concluída no local e em outras “torres de babel” (apelido dado aos condomínios sem acabamento) que ficam no entorno desta comunidade.

Empreendimento regularizado – “Vocês são merecedores do título que recebem. A escritura é a carteira de identidade da moradia”, declarou o prefeito destacando que trabalha sem alarde, de forma silenciosa e vai regularizar todos os condomínios que são clandestinos por não ter a escritura do imóvel. O Condomínio Amizade é o segundo empreendimento a ser regularizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). O primeiro foi o bairro Padre Zé onde já houve a entrega de 620 títulos de posse.

Outorga – A reconstrução do condomínio Amizade foi feita com recursos da outorga onerosa e custou R$ 921.154,26. O secretário de Habitação Social, José Guilherme Barbosa, expressou sua alegria na entrega da escritura da casa aos moradores e aproveitou para anunciar que já foram realizados estudos para iniciar o serviço de toda a rede coletora no trecho relativo aos condomínios Amizade, Liberdade e entorno.

O líder comunitário Renildo José dos Santos, disse estar emocionado e falou da luta iniciada há muito tempo. Parabenizou o prefeito pela reforma que foi realizada e disse ser este o maior presente de Natal que recebeu. “Desejo um ano feliz a todos e que a gente possa voltar a dizer bom dia, boa tarde e boa noite”, declarou.

No condomínio Amizade todos os apartamentos receberam revestimento externo, pintura, troca de esquadrias, coberta, calçamento, troca de louças, instalações hidro-sanitária e toda a urbanização da área externa. Os próximos empreendimentos que vão passar pela regularização fundiária são o residencial Gervásio Maia (Colinas do Sul), a comunidade Nova República (Ernesto Geisel) e o residencial Paulo Afonso (Jaguaribe).