PMJP capacita jovens para trabalhar como condutores ambientais na Bica

Por - em 35

Doze jovens de 18 a 26 anos começam a trabalhar a partir desta quinta-feira (1º) como condutores ambientais, no Parque Arruda Câmara (Bica). Eles foram selecionados através de um curso de capacitação realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semam), com o objetivo de receber os visitantes que chegam ao Parque, guiando e orientando-os quanto à importância da questão ambiental durante o passeio.

De acordo com Vivian Maitê, chefe de projetos e convênios da Semam, o curso aconteceu durante os meses de julho a setembro, no Centro de Estudos e Práticas Ambientais (Cepam), localizado na própria Bica e em parceria com a Casa Pequeno Davi, que realiza um trabalho sócio-educativo com os moradores do bairro do Roger, onde os jovens contratados moram. “Durante três meses eles assistiram aulas de zoologia, botânica, educação ambiental, inglês, libras, história da Paraíba e história do Parque, passaram por uma seleção e se prepararam para trabalhar nesta função”, detalhou.

Vivian lembrou que todos os novos condutores vivem nas comunidades vizinhas da Bica, como a Asa Branca e o baixo Roger, e este critério de seleção teve um propósito. “Um dos maiores problemas que o parque enfrenta é a relação com a comunidade que vive no seu entorno, que joga lixo na mata, quebra o muro, entre outras coisas. A ideia foi capacitar os jovens do próprio local para que eles trabalhem com educação ambiental dentro do parque e, ao mesmo tempo, sejam agentes multiplicadores na comunidade onde moram”, revelou.

Os doze jovens vão receber uma bolsa do Fundo Municipal do Meio Ambiente e trabalhar durante 30 horas semanais em regime de escala, de forma que todos os horários sejam assistidos, já que a Bica funciona todos os dias da semana. Eles vão recepcionar grupos agendados previamente e visitantes em geral.