PMJP celebra Dia do Aposentado com conquistas sociais e equilíbrio financeiro

Por - em 62

O Dia da Previdência Social e o Dia Nacional dos Aposentados são comemorados nesta terça-feira (24). Nesta data, segundo o superintendente do Instituto de Previdência do Município de João Pessoa (IPM-JP), Pedro Coutinho, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) tem muito que comemorar em termos de conquista, como o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP) do Governo Federal e o atendimento de quase 5 mil aposentados e pensionistas através de ações sociais.

Técnicos do Ministério da Previdência Social atestaram que o IPM-JP encontra-se apto a honrar com o pagamento de aposentadorias e pensões dos servidores com projeção de 65 anos à frente.  De acordo com Pedro Coutinho, a previdência da Capital é uma das poucas no Brasil a apresentar esse quadro de total equilíbrio financeiro. Por conta disso é que a Prefeitura da Capital recebeu, mais uma vez, o Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP) do Governo Federal.

Cerca de 5 mil aposentados e pensionistas da PMJP são atendidos pelo Instituto de Previdência do Município. Além de oferecer assessoria técnica, o instituto também executa ações sociais. No prédio onde funciona o IPM são disponibilizados nutricionistas, psicólogos e enfermeiros além de oficinas de memória, de artesanato, estação digital e ginástica de alongamento. Também são realizadas programações culturais e passeios turísticos.

Sede própria – “Reformamos e ampliamos a sede do IPM para que pudéssemos oferecer cada vez mais serviços de qualidade aos nossos aposentados e pensionistas”, disse o superintendente. Na solenidade de inauguração da reforma e ampliação, o prefeito Luciano Agra anunciou a desapropriação de três imóveis onde funcionará a sede própria do IPM, a doação de um microônibus e elaboração do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos servidores do instituto. A representante dos usuários do instituto, Valdecir Soares, agradeceu à prefeitura o trabalho empreendido em favor de aposentados e pensionistas e a modernização implantada no IPM.

Na sede está instalada a parte administrativa responsável por coordenar todos os setores do Instituto de Previdência. O prédio funciona na Rua Engenheiro Clodoaldo Gouveia, 166, Centro da Capital, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 17hs. No local são atendidos não apenas aposentados e pensionistas, mas servidores da PMJP que precisem de informações ou de dar entrada nos benefícios de aposentadoria ou pensão.

Clube de Pessoa Idosa – Atrelado ao Instituto de Previdência, o clube atende cerca de 400 idosos. O espaço, localizado no Altiplano Cabo Branco, oferece cursos, atividades físicas, de lazer e fisioterapia. Para se inscrever basta ter idade a partir dos 60 anos e preencher uma ficha com dados socioculturais e as atividades de interesse.

“É importante registrar que o trabalho do IPM não é só o de gerir a previdência do quadro efetivo de funcionários da administração municipal, mas também de pensar e criar ações para garantir mais qualidade de vida aos idosos de nossa cidade”, disse a superintendente adjunta do instituto, Paula Frassinete.

São oferecidas, gratuitamente, 25 oficinas entre atividades físicas ou lúdicas como hidroginástica, alongamento, judô, natação, informática, teatro, psicoterapia, dança, yoga, oficina de memória e coral, além de uma Estação Digital, biblioteca, sala de jogos e serviços assistenciais de fisioterapia e enfermagem.

Política para idosos – A Prefeitura de João Pessoa também tem uma política voltada para a promoção de ações que beneficiem os idosos. O Programa de Atenção à Pessoa Idosa (Papi) tem como objetivo proporcionar a integração entre os grupos de pessoas idosas e reinseri-las na família e na comunidade.

A política desenvolvida pelo programa promoveu a formação de vários grupos ligados a diversos bairros da cidade e que funcionam em centros de cidadania, associações comunitárias e PSF’s (Programa Saúde da Família).

Em 2005 existiam 18 grupos espalhados pela cidade. Com a implantação de uma política de promoção da pessoa idosa, atualmente existem 53 só ligados ao Papi, que é vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes).

“Nós temos uma política de resgate da vida e isso é muito importante para nossos idosos porque eles se sentem respeitados e amados”, disse Paula Frassinete. Ela explicou que, aos poucos, a mentalidade em relação ao idoso está sendo mudada e tudo graças a todas as ações de inclusão implementadas pela PMJP.