PMJP desenvolve ações no ‘Dia Internacional de Combate ao Tabagismo’

Por - em 57

A partir desta segunda (28), até quinta-feira (31), várias ações serão realizadas pela prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) em comemoração ao Dia Internacional de Combate ao Tabagismo. A iniciativa será direcionada aos adolescentes, em escolas de ensino médio, e jovens, nas faculdades, com o objetivo de conscientizar esse público sobre os benefícios de deixar de fumar.

“Queremos conscientizar este público alvo que fumar não faz bem à saúde, como também facilitar as relações sociais, mostrando os benefícios de não fumar. Queremos ainda demonstrar que eles podem passar a ser disseminadores de informação”, ressaltou Talita Tavares, diretora de Vigilância à saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Programação – As ações acontecerão diariamente, iniciando dia 28 de maio, às 8h30, e serão encerradas dia 31, Dia Internacional de Combate ao Tabagismo, às 17h, no Busto de Tamandaré, quando será realizada uma caminhada em sentido a Praça da Gameleira. A ação acontece em parceria com os educadores físicos do ‘Projeto João Pessoa Vida Saudável’. Após a caminhada haverá um aulão com os participantes do evento.

“Para esse evento firmamos parcerias com as Faculdades Maurício de Nassau, Unipê, Facene/Fameme e Hospital Napoleão Laureano. Colocaremos à disposição dessas instituições um estande com material educativo e os profissionais habilitados para divulgação do Programa, distribuição de folders, bem como realizar o teste de Fagerstron e encaminhar os usuários para um dos cinco Centros de Referência do Tabagismo existentes no município”, afirmou Talita Tavares.

Ajuda – Atualmente, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) mantém cinco Centros de Referência de Tratamento ao Tabagismo, os Cais dos bairros de mangabeira, Cristo e Jaguaribe, além do Caps AD e a Unidade Básica de Saúde em Mandacaru. No local, o usuário receberá atendimento multiprofissional para largar o vício.

Benefícios – A Diretora de Vigilância à Saúde, Talita Tavares, ressaltou que a pessoa que deixa de fumar já começa a sentir os benefícios de imediato. Após 20 minutos sem fumar, a pressão arterial e os batimentos cardíacos são normalizados. Após 8 horas, diminui a quantidade de monóxido de carbono e aumenta o oxigênio no sangue. Após 2 semanas, a pessoa melhora a circulação sanguínea. Com um ano, se reduz pela metade o risco de ataque cardíaco e, com cinco anos, o risco de desenvolver câncer de pulmão e de ter um derrame passa a ser o mesmo de quem nunca fumou. Em 20 anos, o risco de sofrer um infarto de coração passa a ser igual ao de quem nunca fumou.