PMJP disponibiliza carros-pipa para moradores do Conjunto Cidade Verde

Por - em 126

Centenas de moradores do Conjunto Cidade Verde (Bairro das Indústrias) se concentraram em vários pontos do bairro, na manhã desta sexta-feira (18), para receber água potável. O suprimento foi fornecido pela Prefeitura de João Pessoa por meio da Secretária de Infraestrutura (Seinfra). A iniciativa, que busca amenizar os efeitos da falta de água na região, também aconteceu ontem, com o fornecimento de 17 mil litros de água. Nesta sexta foram distribuídas mais 21 mil litros, chegando a  soma de 38 mil litros nos dois dias de distribuição.

Durante todo dia uma fila enorme se formou no bairro para atender aos moradores que pegavam água em baldes, tambores, depósitos ou botijões. De acordo com a Seinfra, a água vem da Cagepa de Marés. Um caminhão tem capacidade para 5 mil e outro 3,5 mil litros de água. Os motoristas tiveram que dar sucessivas viagens para poder atender a população. A distribuição de água foi a partir das ruas Lagoa Seca, Cidade de Alhandra, Cidade de Fagundes, Cidade de Serra Redonda, Cidade Marizópolis e na associação comunitária.

“Achei bom demais, pois estamos sem água pra fazer as coisas, lavar roupa, fazer comida, dar banho nos meninos pra ir pra escola, senão a gente tinha que comprar água e ninguém tem dinheiro pra isso não. O caminhão pipa foi uma benção. Peguei água ontem e hoje tô pegando de novo, se esse caminhão viesse todo dia seria bom demais.”, disse a aposentada Maria José de Menezes, que mora com mais seis pessoas. A dona de casa Marlene Macedo, agradece dizendo que “se não fosse o carro pipa estariam perdidos. Pra quem não tem nada foi uma benção”.

Twitter – A reivindicação chegou a Prefeitura através das redes sociais – twitter. A demanda foi atendida por meio de uma ação conjunta entre a Seinfra, Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e Cagepa.

Cagepa – A assessoria de comunicação da Cagepa, informou que equipes da Cagepa estão trabalhando no local para dar solução ao problema o mais rápido possivel, já que a população do bairro teve o fornecimento de água interrompido desde o último domingo (13) por conta da quebra da bomba do poço que abastece a comunidade.