PMJP disponibiliza para PF todos os documentos do Jampa Digital

Por - em 18

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) disponibilizou nesta sexta-feira (11) todos os documentos originais referentes a licitações do projeto Jampa Digital, atendendo a determinação da Polícia Federal (PF). Os documentos já haviam sido encaminhados a Controladoria Geral da União (CGU), Tribunal de Contas do Estado (TCE), Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público Federal (MPF) e à própria PF, desde que foram solicitados por esses órgãos.

O procurador geral do município, Vandalberto de Carvalho, explicou que a PF já possuía cópias dos documentos, mas preferiu recolher os originais, juntamente com dois HDs que contém as informações sobre as licitações do projeto. Ele ressaltou que a PMJP enfrenta esse processo com tranqüilidade e destacou que o município sempre esteve à disposição dos órgãos de controle e fiscalização para disponibilizar os documentos e informações necessárias sobre o Jampa Digital.

“O prefeito Luciano Agra já tinha se colocado a disposição e a PMJP está aberta para qualquer tipo de colaboração junto a Polícia Federal ou qualquer outro órgão de controle durante as investigações. Por isso mesmo,  já havia se antecipado e enviado um oficio de número 092/2012, datada do dia 28 de março deste corrente ano, do qual se coloca a disposição para todo e qualquer esclarecimento”, acrescentou o procurador.

Vandalberto Carvalho lembrou ainda que a PMJP também instaurou procedimento interno para apurar o caso, através da Controladoria Geral do Município (CGM). “A Prefeitura tomou todas as medidas cabíveis. Suspendemos o contrato para a apuração dos fatos, acionamos os órgãos de controle nos colocando a disposição para prestar qualquer tipo de esclarecimento necessário e estamos dando continuidade ao convênio, que só se encerra no mês de outubro”, afirmou.