PMJP e Governo Federal vão construir área de comércio para agricultores

Por - em 45

O diretor nacional da Secretaria de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SDT-MDA), Manoel Vital de Carvalho Filho, visita nesta quinta-feira (1°), às 14h, a área onde será construída a primeira Central de Comercialização de Agricultores da Zona da Mata, obra que será executada pela Prefeitura de João Pessoa, em parceria com o Governo Federal. A Central vai funcionar Avenida Hilton Souto Maior Souto Maior, bairro do José Américo, nas proximidades do Depósito Judiciário.

Segundo o secretário-adjunto da Sedurb, Hildevânio Macêdo, a obra está prevista para começar no início do próximo ano. “O projeto já foi enviado ao Ministério do Desenvolvimento Agrário e aprovado. Agora estamos esperando os trâmites legais das documentações, liberação das verbas e, logo em seguida, iniciaremos as obras”, explicou. A Central de Comercialização de Agricultores da Zona da Mata será viabilizada através de uma parceria, onde a PMJP doou o terreno de um hectare e meio. Somente a primeira fase de construção está orçada em R$ 1,5 milhão.

A criação da nova Central de Comercialização de Agricultores da Zona da Mata beneficiará centenas de agricultores da Paraíba. O prédio oferecerá toda estrutura necessária para comercialização e armazenamento dos produtos, como cereais, frutas, verduras e legumes. O espaço também terá um local reservado para carga e descarga da demanda, além de uma feira livre, praça da alimentação, área de serviços gerais, agência bancária, entre outros.

“O maior problema da agricultura nas regiões da Zona da Mata na Paraíba é o escoamento da produção. Com essa iniciativa da Prefeitura de João Pessoa, a economia agrária do Estado vai dar um salto significativo e os impactos positivos serão percebidos rapidamente”, afirmou Hildevânio.