PMJP é premiada pela eficiência energética em iluminação pública

Por - em 34

A melhoria da Sinalização Semafórica do Município de João Pessoa rendeu à Prefeitura Municipal da Capital o “Prêmio PROCEL Cidade Eficiente em Energia Elétrica – Destaque em Promoção dos Conceitos de Eficiência Energética”, na categoria Iluminação Pública. A premiação é de iniciativa da Eletrobrás, por meio do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica – PROCEL e do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM).

João Pessoa foi o primeiro município onde o Procel Reluz utilizou a iluminação semafórica. O processo refere-se à substituição de lâmpadas incandescentes de 100 w por leds (light emitting diode) em 1.528 pontos de sinalização semafórica, ou seja, em 140 cruzamentos semafóricos do município. A economia para a Capital pode chegar até a 90% do consumo. O projeto foi elaborado e executado pela Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), por meio da Divisão de Iluminação Pública (Dilup).

A vida útil dos leds em comparação às lâmpadas incandescentes é bem maior, chegando a mais ou menos 10 mil horas de iluminação constante. Com isso, são reduzidos os serviços de manutenção, além dos benefícios com relação à visualização dos semáforos, visível a cerca de 500 metros de distância. Nos cruzamentos semafóricos da cidade, como as avenidas Epitácio Pessoa e Pedro II, é possível ter uma noção mais abrangente do benefício. Nessas vias os motoristas passaram a visualizar com melhor qualidade a sequência de semáforos.

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) assinou o contrato com as Centrais Elétricas Brasileiras S/A (Eletrobrás) e a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), em 2008, para a implementação de dois projetos de eficiência energética, voltados para a expansão da iluminação pública e de melhoria da sinalização semafórica na Capital, orçado em R$ 1.612.621,21, com a contrapartida da Prefeitura de R$ 403.155,30 (25%).

“Esse prêmio vem como um reconhecimento pelo trabalho da Prefeitura, que tem buscado meios mais eficazes e econômicos de gerir os recursos do município. A implantação do projeto de Sinalização Semafórica na Capital trouxe à população não só economia financeira como também benefícios imediatos no trânsito e na segurança pública”, disse o secretário de Infraestrutura, João Azevedo.

Por decisão do Comitê coordenador, a cerimônia da premiação vai se realizar após o período eleitoral de 2010. Os premiados receberão troféu e certificado. As experiências premiadas serão divulgadas como exemplos de boas práticas por meio de publicação a ser enviada aos órgãos dos governos federal, estaduais e municipais envolvidos no combate ao desperdício de energia elétrica.