PMJP entrega 143 casas em sete localidades da Capital

Por - em 54

O prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), entrega na primeira semana de outubro mais 143 casas de alvenaria construídas pelo Programa de Subsídio Habitacional-PSH. As famílias beneficiadas estão nas comunidades de Nova República, Citex, Colibris e nos bairros do Alto do Mateus, Ernane Sátiro, Rangel e Cristo. Agora são 556 casas de taipas transformadas em alvenaria pelo Governo Municipal nesta primeira etapa. O valor total deste empreendimento está orçado em R$ 8.084.500,00 sendo R$ 6.382.500,00 do Governo Federal e R$ 1.702.000,00 da PMJP.

Segundo a secretária municipal de Habitação Social, Emília Correia Lima, no calendário de entrega das novas casas estão previstos para o dia quatro de outubro 21 novas unidades habitacionais para o bairro do Alto do Mateus. A solenidade de entrega será realizada às 16 horas na Rua José Noberto Silva, próximo à Escola Severino Patrício.

Dia oito de outubro, também às 16 horas, está programada a entrega de mais 65 novas casas em cinco localidades. Na comunidade Nova República (no bairro do Geisel) serão entregues 28 casas; na comunidade do Citex (também no Geisel) mais 13 casas; no Grotão mais 12; no Colibris (José Américo) mais sete casas e no Ernane Sátiro mais cinco unidades habitacionais. A solenidade conjunta será realizada na Rua Valdevino Joaquim de Lima, próximo à fábrica de pré-moldados, na Nova República.

O prefeito Ricardo Coutinho também entrega 57 unidades habitacionais reconstruídas nos bairros do Cristo Redentor e no Rangel. No Cristo são 22 casas e no Rangel mais 35. A solenidade de entrega será realizada na Rua Dr. José de Melo Lula, situada nas proximidades da rua da mata. Todas as novas casas eram de taipa e foram transformadas em imóveis de alvenaria através do Programa de Subsídio Habitacional-PSH.

Nova ordem de serviço – A ordem de serviço para o inicio da segunda etapa do PSH será assinada dia dois de outubro, às 16 horas, na Rua 19 de Março, no bairro do Roger. Para esta nova etapa do PSH estão programadas mais 1.098 casas e o valor da obra está orçada em R$ 10.980.000,00 sendo R$ 8.784.000,00 recursos do Governo Federal e R$ 2.196.000,00, recursos do Governo Municipal. O Governo Federal, a Mavil Construtora, o Banco Economisa e a Cerâmica Elizabeth são os parceiros neste empreendimento.