PMJP entrega 200 netbooks e garante mais 10 Estações Digitais até julho

Por - em 89

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) entregou nesta quarta-feira (9) 200 netbooks para modernizar os equipamentos das Estações Digitais da Capital. O investimento de R$ 150 mil vai contemplar as 30 unidades espalhadas pela cidade. Mais 10 unidades devem ser entregues até julho, segundo informou o prefeito Luciano Agra.

A solenidade, que ocorreu na sede da Estação da Moda, localizada no bairro do Varadouro, foi iniciada com a entrega simbólica dos equipamentos para representantes dos locais beneficiados e contou com a presença de auxiliares da PMJP e de populares. Na ocasião, Agra salientou que a gestão não está medindo esforços para ampliar a rede de inclusão digital em toda a cidade. “Vamos implantar até julho 10 novas Estações Digitais e estamos na fase de planejamento para entregar à sociedade uma ‘incubadora’ de projetos voltados para a Tecnologia da Informação”, afirmou.

Outro aspecto destacado por Luciano Agra, diz respeito a uma linha de crédito disponibilizado pela Prefeitura, o Empreender voltado para inclusão digital, pois os moradores de nossa cidade dispõem de grande capacidade e vontade de aprender. “Cada escola tem o seu laboratório de informática e aqui até mercado público será informatizado”, frisou o prefeito.

Reivindicação do OD – O secretário da Secitec, Marconi Maia, afirmou que serão trocados todos os equipamentos que estão danificados ou precisam ser renovados e destacou que com os investimentos os setores da sociedade menos favorecidos financeiramente serão beneficiados. “Isso foi uma reivindicação do Orçamento Democrático e nada melhor do que incrementarmos as nossas Estações Digitais”, destacou Maia.

Qualificação – Já o coordenador do Centro de Referência da Cidadania no Conjunto Funcionários II, Luiz Costa, salientou que João Pessoa dispõe de uma nova identidade, quando falamos em cobertura digital. “Recebemos mais uma ferramenta moderna para a nossa comunidade e não considero isso uma despesa e sim um grande investimento na qualificação profissional”, destacou.


Inclusão –
O diretor de Inclusão Digital da Secretária de Ciência e Tecnologia, José Izidro Alves, disse que o mais importante nas ações desempenhadas pela pasta é possibilitar a inclusão social para a população mais carente da Capital paraibana. “Enquanto os jovens estão sendo atingidos digitalmente, eles estão deixando a criminalidade, a ociosidade e as drogas”, concluiu.