PMJP entrega escola-padrão na comunidade Boa Esperança

Por - em 53

A rede municipal de ensino recebe mais uma benfeitoria da Prefeitura de João Pessoa (PMJP), fruto de investimento na melhoria da estrutura da educação. Nesta quarta-feira (25), será inaugurada a Escola Municipal Educador Francisco Pereira Nóbrega, localizada na Rua Elias Cavalcanti, na comunidade Boa Esperança, no bairro do Cristo Redentor. A solenidade de entrega acontece a partir das 10h.

A Francisco Pereira da Nóbrega faz parte do conjunto de escolas-padrões que vêm sendo construídas pela atual gestão municipal. A unidade possui dez salas de aula, laboratórios de ciências e informática, biblioteca, auditório, refeitório, coordenação pedagógica, sala de professores, secretaria, arquivo, diretoria, pátio coberto, cozinha e duas baterias de banheiros (uma em cada piso). Também foi inserida no complexo a construção de quadra poliesportiva com 620 metros quadrados.

Mais de 1.200 estudantes residentes na comunidade Boa Esperança serão beneficiados pela unidade de ensino, orçada em R$ 2.010.556,79 em recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). O cadastro de matrículas para os alunos novatos poderá ser feito a partir da próxima segunda-feira (30), nos turnos da manhã e tarde. Segundo Luciane Coutinho, chefe de Gabinete da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), serão abertas turmas do Ensino Fundamental I e II e Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

“Esta é uma obra que há muitos anos a comunidade almeja. Muitos alunos residentes na comunidade Boa Esperança estão matriculados em escolas de bairros circunvizinhos, e esse deslocamento é sempre complicado. Nossa previsão é que esses alunos sejam todos transferidos para a Francisco Pereira da Nóbrega, garantindo assim educação de qualidade próximo às suas casa”, comentou Luciane Coutinho.

Quem foi – Francisco Pereira Nóbrega nasceu em 24 de abril de 1928 na cidade de Nazarezinho, interior da Paraíba. Filho de Jarda Nóbrega e de Francisco Pereira Dantas, um dos maiores ícones da história do cangaceirismo, se destacou como educador, filosofo e cronista, atividades que exerceu ao longo da sua vida.

Pereira da Nóbrega lecionou no antigo Instituto Central de Filosofia e Ciências Humanas (ICFCH) da Universidade Federal da Paraíba, de 1966 a 1968. Retornou no final da década de 1970 para a mesma universidade, agora fazendo parte do Departamento de Filosofia. Em 1978, implantou o mestrado em Filosofia na UFPB, sendo também coordenador do Curso de Graduação em Filosofia da instituição. Já como cronista, seus escritos mais marcantes foram publicados no jornal ‘Correio da Paraíba’. O mestre, que agora se eterniza tendo o seu nome em uma escola da rede municipal de ensino, faleceu no dia 22 de janeiro de 2007, em João Pessoa.