PMJP entrega mais 72 casas no Alto do Céu, nesta sexta

Por - em 26

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) entrega, às 17h desta sexta-feira (19), mais 72 casas no Alto do Céu. Com recursos da municipalidade e do Governo Federal, 674 famílias do bairro estão sendo beneficiadas com novas moradias, reconstruções e reformas de unidades habitacionais, somando um investimento de cerca de R$ 4,5 milhões.

O Projeto de Erradicação de Palafitas e Urbanização Integrada, executado na comunidade, é muito maior e inclui a pavimentação de 77 ruas, saneamento de 100% da área e implantação de equipamentos públicos. Mais de 14 mil moradores do bairro estão sendo beneficiados com o conjunto de obras. A entrega das casas acontecerá na Rua General Antero de Brito, próximo à Escola Municipal Violeta Formiga.

Investimentos – O secretário da Infra-Estrutura, João Azevedo, disse que os investimentos globais no Alto do Céu chegam a R$ 12 milhões, recursos do Ministério das Cidades, somente em obras estruturantes de infra-estrutura (esgotamento, drenagem, pavimentação e habitação), além da contrapartida da Prefeitura (em torno de R$ 2,5 milhões) empregada na construção de uma escola-padrão com 10 salas de aulas, ginásio poliesportivo e creche-escola.

Só na área de habitação, além dessas 72 casas que estão sendo entregues esta semana, serão construídas mais 37 até o início do próximo ano através de convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) e mais duas pelo projeto de Contribuição Social da Prefeitura (com recursos oriundos de multas cobradas). Outras 13 que estavam inabitáveis foram derrubadas e reconstruídas. A Prefeitura constatou que mais 550 casas do Alto do Céu estavam inadequadas para habitação e resolveu reformá-las. Destas, 350 já foram entregues, há mais outras 50 em andamento e o restante será iniciado nos próximos dias. Em geral, as novas residências têm cerca de 34 metros quadrados, distribuídos em dois quartos, sala, cozinha, banheiro.

Cadastro – “O Serviço Social da Prefeitura fez um cadastramento das famílias com moradias precárias e constatou que muitas moravam dentro do mangue, em cima de canos de esgotos, em condições subumanas e precárias. Em 109 casos, o Município observou que seria necessária a relocação das famílias. Nas demais situações, houve substituição de moradias de taipa por construções de alvenarias e reformas, dependendo da necessidade de cada habitação”, explicou Azevedo.

As obras de drenagem e esgotamento estão 90% concluídas, segundo o secretário João Azevedo, restando apenas a construção das estações elevatórias para colocar o serviço de coleta de esgoto em funcionamento. Com isso, o bairro do Alto do Céu ficará 100% saneado. Noventa e cinco por cento das obras de pavimentação também já foram concluídas, beneficiando as principais vias do bairro, incluindo várias comunidades como Porto de João Tota, São Pedro, Vem-Vem e Jardim Mangueira.