‘Vida Saudável’ estimula prática de atividades físicas em João Pessoa

Por - em 335

Contribuindo para o aumento de praticantes de atividades físicas e redução na quantidade de obesos, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) disponibiliza para a população as academias ao ar livre, que integram o ‘João Pessoa Vida Saudável’. O projeto é uma parceria da Secretaria de Municipal de Saúde (SMS), Juventude, Esportes e Recreação (Sejer) e Educação. Segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (10) pela  Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), do Ministério da Saúde, o número de praticantes de atividades físicas no tempo livre em João Pessoa subiu de 17,2% em 2010 para 30% em 2011 e a quantidade de obesos caiu de 16,3% para 14,2% no mesmo perído.

As academias ao ar livre estão instaladas em oito praças da cidade, oferecendo a prática de exercícios físicos aos moradores dos Funcionários I, II, Rangel, Mangabeira, Bancários, Castelo Branco, Manaíra, 13 de Maio, e comunidades próximas.

As aulas acontecem todos os dias pela manhã, das 5h30 às 7h30, e à tarde, das 16h30 às 19h. Além dos equipamentos de ginástica, como simuladores de caminhadas, entre outros, os moradores dessas comunidades recebem também orientação de professores de Educação Física, através do projeto ‘Vida Saudável’. Todos os participantes passam por avaliação.

Vida Saudável – Segundo a educadora física e uma das coordenadoras do João Pessoa Vida Saudável, Ellen Correia, atualmente 3.625 mil pessoas são beneficiadas com o projeto, que atua em 16 praças, dois Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e sete Unidades de Saúde da Família, além do Clube da Pessoa Idosa e Residência Terapêutica, oferecendo atividades físicas e educando para a construção de hábitos saudáveis.

O projeto tem o objetivo de melhorar a qualidade de vida da população, através da implantação de uma cultura de prevenção em saúde, reduzindo doenças causadas pelo sedentarismo. “O João Pessoa Vida Saudável aumentou a prática de atividades físicas da população e com ele foi possível orientar e sensibilizar para a construção de hábitos de vida saudáveis”, disse Ellen Correia.

Entrevistas – A pesquisa Vigitel 2011 retrata os hábitos da população brasileira. Foram entrevistados 54 mil adultos em todas as capitais e também no Distrito Federal, entre janeiro e dezembro do ano passado.