PMJP exibe filme ‘Olhos Azuis’ de José Joffily com sessão especial para servidores

Em 0 125

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) realizou na noite desta segunda-feira (11), a segunda edição do projeto Cine Municipal, desenvolvido pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) e a Secretaria de Administração (Sead), no auditório do Centro Administrativo Municipal (CAM), em Água Fria. Desta vez, a exibição ficou por conta do filme “Olhos Azuis”, do diretor paraibano José Joffily. Nesta terça (12), o filme será exibido no mesmo local em outras duas sessões para os servidores da prefeitura, nos horários de 12h30 e 16h.

“O projeto segue seu propósito de garantir mais uma opção aos nossos servidores de acesso a produções do cinema brasileiro e, principalmente, de cineastas paraibanos, como é o caso de José Joffily. Como servidor, também já aderi a essa agenda cultural que proporciona lazer e conhecimento também no ambiente de trabalho”, ressaltou o prefeito Luciano Agra, que prestigiou a exibição do filme.

Sobre “Olhos Azuis”, o cineasta José Joffily destaca que o filme aborda a questão da imigração, um tema que segundo ele, continua bem atual. “O filme aborda essa relação do imigrante que considero um tema muito importante e contemporâneo, e ele provoca essa discussão. O dinheiro tem livre circulação e é preciso que as pessoas também possam ter essa livre movimentação”, frisou.

Lançado em 2009, “Olhos Azuis” traz como enredo a história de um chefe do Departamento de Imigração do aeroporto JFK, nos Estados Unidos, que decide comemorar o último dia de trabalho, antes da aposentadoria,  dificultando a entrada de um grupo de imigrantes no país.

Cinema para todos – O cineasta também falou sobre a proposta de realização do projeto que está levando o cinema aos funcionários da PMJP. “O cinema é feito para muitos. Aqui o espaço existe e há uma sala boa para exibição. O trabalho realizado por Lucio Vilar nesta parceria com o prefeito Luciano Agra tem mostrado que as coisas andam quando há um desejo de ambas as partes”, completou.

Para o diretor executivo da Funjope, Lúcio Vilar, a iniciativa do Cine Municipal já vem ganhando a simpatia do público de servidores e essa participação durante as sessões deverá aumentar nas próximas edições. “A tendência é que esse público cresça todos os meses com a mudança de horário que adotamos para as exibições. Além disso, o projeto tende a atrair cada vez mais também a participação de um público diferente que o de servidores, até porque o Cine Municipal está aberto a toda população”, enfatizou.