PMJP exibe filmes e recitais em homenagem a poeta paraibano

Por - em 78

O quarto dia do “Augusto das Letras”, nessa segunda-feira (27), contou com a exibição de filmes sobre a trajetória de Augusto dos Anjos, um recital poético com o núcleo literário Caixa Baixa, palestra e debates com Antônio Carlos Sechin. O evento, promovido anualmente pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), segue com apresentações artísticas, shows musicais, recitais e exposições de esculturas, palestras e debates até sexta-feira (31).

Nessa segunda, a mostra contou com a exibição do filme-documentário “Eu, um estranho personagem”, que ilustra expressões do “eu” poético e literário de Augusto dos Anjos, com as impressões e análises de estudiosos e admiradores do poeta, a exemplo de Fábio Lucas (crítico literário), Raphael Rosa (artista plástico) e Ferreira Goulart (poeta e crítico de arte).

O documentário foi criado pela TV Senado, na série Tela Brasil, e, além de registrar fatos da vida do poeta, que morreu de pneumonia aos 30 anos, também analisa a única obra que ele deixou, o livro “Eu”.  O vídeo foi produzido na passagem dos 95 anos de morte do poeta, com cenas gravadas na Paraíba e em Minas Gerais.

O estudante de engenharia Bruno Henrique Felix de Sousa, que participou da exibição do documentário, falou sobre a importância e impressões da obra. “Estou acompanhando toda a programação do ‘Augusto das Letras’ pela admiração e respeito que tenho ela obra do poeta e pelo que ele significa para a história literária paraibana. O filme trouxe mais informações sobre a personalidade, as características e outras perspectivas sobre a poética dele. Parabenizo a iniciativa da PMJP em reconhecer e valorizar as obras do autores conterrâneos”, disse.

Literatura – O amor e a morbidez nos versos de Augusto dos Anjos foram os pontos centrais na palestra-debate do poeta Antônio Carlos Secchin, que ocorreu na tarde dessa segunda, na Academia Paraibana de Letras.

Durante o debate, que teve como mediadores os jornalistas Carlos Aranha e Bruno Gaudêncio, o poeta destacou o fascínio que Augusto tinha pela morte, por meio de versos que continham métricas rígidas, cadência musical e rimas preciosas.  “O ‘eu’ presente no livro é um porta-voz da humanidade. Ele representa a desgraça e a decadência a que todos estão sujeitos, por intermédio de uma história que está narrada na sua experiência pessoal”, disse Secchin.

Evento – O projeto é realizado pela Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope) que dará continuidade as apresentações na Academia Paraibana de Letras, na Casa de Musicultura (Varadouro), no Térreo do Shopping Tambiá e com encerramento na Usina Cultural Energisa.

Programação

Terça-feira (28)

17h: Palestra-Debate “A árvore da serra” com Chico Viana/ Mediadores: Leo Barbosa e Thiago Lia Fook

Local: Academia Paraibana de Letras

20h: Apresentação do filme “Transubstancial” de Torquato Joel

21h: Astier Basílio declama “Peleja de Augusto com Zé Limeira”

22h: Dança – “Eu, Augusto dos Anjos” de Marcos Brandão

Local: Casa de Musicultura (Varadouro)

Quarta-feira (29)

17h: Palestra-Debate “Versos Íntimos” com Clotilde Tavares/ Mediadores: Antônio Mariano e Walter Galvão

Local: Academia Paraibana de Letras

20h: Chico Viola faz releitura musical de Augusto dos Anjos

21h: Show de Gustavo Magno e sua banda – “Eu e outras músicas”

Local: Casa de Musicultura (Varadouro)

Quinta-feira (30)

17h: Palestra-Debate “O último credo” com Eucanaã Ferraz/ Mediadores: Amilton Pinheiro e Hildeberto Barbosa

Local: Academia Paraibana de Letras

17h: Tribo Ethnos improvisa Augusto dos Anjos com street dance, hip hop e multimídia

Local: Térreo do Shopping Tambiá

21h: Performance Poético-Musical – Susy Lopes “Café em verso e prosa”

Local: Casa de Musicultura (Varadouro)

Sexta-feira (31)

17h: Lançamento do Livro “Augusto dos Anjos: origem e modernidade” de Hildeberto Barbosa e Abraão Andrade

Local: Academia Paraibana de Letras

17h: Tribo Ethnos improvisa Augusto dos Anjos com street dance, hip hop e multimídia

Local: Térreo do Shopping Tambiá

21h: Diálogo Augustiano com Carlos Heitor Cony/ Mediadores: Gonzaga Rodrigues e Fernando Melo

22h30: Coquetel com apresentação “Música para os anjos”, com a Banda Municipal 5 de Agosto, regida por Rogério Borges

Local: Usina Cultural Energisa