PMJP faz melhorias no percurso da Procissão de N. S. da Penha

Por - em 27

A Festa de Nossa Senhora da Penha, que há 246 anos faz parte dos festejos religiosos da Capital, começou nesta quarta-feira (25) e será encerrada com a tradicional romaria, que parte da Igreja de Lourdes, no Centro, seguindo até a Igreja da Penha. Há cinco anos, a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) faz melhorias na infraestrutura do evento, como na iluminação e limpeza das ruas e calçadas que integram o percurso de 14 quilômetros. O objetivo dessas ações busca o conforto e segurança dos fiéis, cujo tempo do trajeto dura aproximadamente sete horas.

Este ano, o tema da Festa da Penha é “A exemplo de Maria, caminhemos na justiça para encontrarmos a paz”. De acordo com a Arquidiocese da Paraíba, a romaria sai às 22h do dia 28 da Igreja de Lourdes, situada na Avenida João Machado (Centro). Os fiéis seguem pela avenida D. Pedro II, Trevo Universitário, avenida principal do bairro dos Bancários, passam pelo contorno da entrada do bairro de Mangabeira, e continuam pela pista que dá acesso à Praia da Penha até chegar na Praça Oswaldo Pessoa (Penha). O andor com a imagem da Santa deve chegar ao Santuário por volta das 4h da madrugada do domingo (29). Em seguida haverá uma Missa Campal presidida pelo Arcebispo Dom Aldo Pagotto.

Limpeza – No percurso da romaria, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) está realizando uma operação de limpeza, com roço mecanizado, ações de varrição, pintura do meio-fio e limpeza das ruas, avenidas e dos terrenos das laterais do corredor da procissão. No dia da romaria, o órgão vai contar com uma equipe formada por 60 agentes de limpeza, que atuará acompanhando os fiéis em seu trajeto, fazendo a coleta dos resíduos jogados no chão. Os agentes limparão um total de 56 quilômetros de linha d’água.

Infraestrutura – A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) disponibilizou uma equipe de aproximadamente 18 homens que já está começando a fazer a recuperação de toda a pavimentação do percurso, recuperação e recolocação dos meio-fios, aterro das calçadas que não tem pavimentação e desobstrução de todas as galerias, inclusive no local onde está localizado o santuário de Nossa Senhora da Penha.

Trânsito – A Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans) designou 70 pessoas entre gerente de operações, coordenadores, supervisores, auxiliares motociclistas, agentes de trânsito e pessoal de apoio para dar mais segurança e conforto aos fiéis. A equipe de transporte, composta por treze fiscais e três supervisores, vai controlar a saída/embarque/desembarque nos ônibus, principalmente após o término da procissão na Praia da Penha. Quatro motos e dois carros estarão nas ruas auxiliando os fiscais de transporte. O esquema da STTrans vai funcionar a partir das 19h do sábado (28) às 7h do domingo (29). A STTrans solicitou às empresas de transportes coletivos da Capital um reforço das linhas de ônibus durante a realização da romaria.

Saúde – De acordo com Gilmore Lins, supervisor administrativo do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o esquema de saúde vai seguir a programação do ano passado, com uma ambulância fixa para o evento e mais duas unidades de suporte descentralizadas, que irão acompanhar a procissão, mas que poderão se deslocar em caso de urgência.