PMJP identifica e acompanha alunos com estrutura emocional fragilizada

Por - em 67

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), está realizando um trabalho de acompanhamento de identificação do perfil momentâneo do alunado da rede municipal de ensino. O foco é identificar as questões emocionais que podem interferir na aprendizagem e no rendimento das crianças e adolescentes.

O setor de psicologia da Diretoria de Gestão Curricular (DGC), juntamente com a equipe da educação especial da Sedec, vai até a unidade de ensino, reúne-se com os especialistas e toma conhecimento dos estudantes que estão apresentando comprometimento comportamental.

“Ao identificar os alunos que sinalizaram, através de observações e avaliações específicas, a necessidade de um encaminhamento especializado, a família é informada e agendamos uma entrevista para comunicar que a criança precisa de ajuda para um desenvolvimento satisfatório em sala de aula e no ambiente familiar”, esclareceu Alana Mendes, psicóloga educacional da Sedec.

Em alguns casos, é preciso também a orientação para mudança de contexto na rotina do ambiente escolar, e isso é feito através de um momento reflexivo para sensibilizar a equipe.

Em dois meses de atuação com esse trabalho específico, a equipe identificou estudantes com casos de violência familiar, distúrbios de conduta, depressão infantil, pânico, transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), entre outros.

“Cada caso é tratado individualmente e encaminhado para as instituições de atendimentos especializados para os devidos cuidados. Além disso, a escola é orientada a saber lidar com essas situações conflituosas. O que mais nos tranquiliza é que os especialistas, psicólogos, orientadores e gestores estão empenhados e preocupados em minimizar estas dificuldades”, disse a diretora da DGC, Célia Peregrino.