PMJP inaugura Centro de Práticas Integrativas no bairro dos Bancários

Por - em 256

Nesta sexta-feira (31), a Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), inaugura o Centro de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cpics) Equilíbrio do Ser, no bairro Bancários. O centro fornecerá à população atendimentos individuais e práticas coletivas como acupuntura, homeopatia, fitoterapia e reiki. A inauguração do Equilíbrio do Ser, que está localizado na Avenida Sérgio Guerra, acontece às 10h, com a presença do prefeito Luciano Agra.

De acordo com Vanessa Surya, uma das responsáveis pelo setor de práticas integrativas da SMS, o Equilíbrio do Ser é um espaço público de saúde integral e holística para aqueles que buscam promover o autocuidado por meio das medicinas tradicionais e naturais. “O público atendido pelas práticas integrativas é formado por pessoas que querem se conhecer melhor e que optam por terapêuticas que os colocam como sujeitos ativos em seus processos de conquista da saúde”, explicou.

O centro funcionará das 8h às 21h, da segunda à sexta feira, e oferecerá, aos usuários que chegarem por demanda espontânea ou referenciada por outros serviços da rede SUS, atendimentos individuais e práticas coletivas em medicina tradicional chinesa, acupuntura, craniopuntura, aurículoterapia, ventosa, moxabustão, sei tai, tui ná, tai chi chuan, homeopatia, fitoterapia, terapia floral, reiki, quiropraxia, cromoterapia, argiloterapia, gestalt terapia, massoterapia, terapia ayurvédica, biodança, danças circulares, meditação, yoga, arteterapia, cura em expressão, terapia comunitária e cuidando do cuidador.

O Equilíbrio do Ser vai contar também com um laboratório de fitoterápicos, florais e homeopatia para fornecer aos usuários, segundo prescrição dos terapeutas e médicos, bem como hortas e mandalas de plantas medicinais para a prática de ecopedagogia com a comunidade.

O acesso é gratuito a todas as práticas de saúde integral e naturais que antes só eram acessadas por uma minoria economicamente favorecida. “Será um espaço para aqueles que buscam o equilíbrio pessoal. Com certeza, contribuirá para o equilíbrio coletivo e para a construção de uma vida e de um planeta mais sustentáveis”, destacou Vanessa.