PMJP inaugura Cozinha Comunitária no Timbó

Por - em 189

No final desta manhã (29), o secretário chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), Alexandre Urquiza, representando o prefeito Luciano Agra, inaugurou a Cozinha Comunitária do Timbó, no bairro dos Bancários. Moradores, representantes do Governo Municipal, alunos da Escola Estadual Dom Carlos Coelho e vários políticos prestigiaram a inauguração, que contou ainda com a bênção do padre Marcondes Meneses, da Paróquia Menino Jesus de Praga.
Para o secretário, a construção de uma Cozinha Comunitária no Timbó suprirá a carência mais urgente de uma parcela da população local, que não dispõe de uma refeição diária saudável. “A Prefeitura não só atenderá a necessidade imperiosa de enfrentar a fome como oferecerá oportunidades educativas e culturais com caráter participativo, de modo a incrementar as condições de vida da população”, ressaltou.
A secretária de Desenvolvimento Social (Sedes), Marinalva Coserva, lembrou que o total de investimentos no programa foi de R$ 1 milhão, sendo R$ 600 mil do Governo Federal e R$ 400 mil em recursos próprios da PMJP. Ela destacou ainda a realização do 1º Curso de Formação do Programa Cozinhas Comunitárias, que preparou os profissionais para atuar nas cinco Cozinhas Comunitárias de João Pessoa. “Estamos hoje consolidando a nossa política pública de pensar a segurança alimentar e nutricional em nossa cidade”, disse.
As cozinhas comunitárias do município foram implantadas em comunidades do bairro dos Novais, Gervásio Maia, Bela Vista, Timbó e Taipa. Foram previstas dentro do Sistema Nacional de Segurança Alimentar (Sisan) e atuam de maneira integrada junto a outros projetos, como o Banco de Alimentos e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Também devem promover ações de Educação Alimentar e Nutricional (EAN).
Segurança Alimentar – O acesso à alimentação é um dos direitos fundamentais consignados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, devendo o poder público adotar as políticas e ações que se façam necessárias para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional da população.
A Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) define segurança alimentar como a garantia de que as famílias tenham acesso físico e econômico regular e permanente a um conjunto básico de alimentos em quantidade e qualidade significantes para atender aos requerimentos nutricionais. Estados e municípios brasileiros, como João Pessoa, têm formulado e implementado políticas locais de segurança alimentar.