PMJP inicia ‘Caminho Livre Arborizado’ com plantio de Pau-Brasil

Por - em 58

Espécies de Mata Atlântica como o Pau-Brasil e ipês brancos, amarelos e roxos. Esta será a paisagem da Avenida Epitácio Pessoa nos próximos anos com o programa Caminho Livre Arborizado, que começou nesta sexta-feira (23), em João Pessoa. A primeira muda de Pau-Brasil foi plantada no início da avenida pela secretária de Meio Ambiente, Lígia Tavares, em frente à clínica Nova Imagem, mas estão previstas outras 89 mudas e de espécies variadas. Acompanhando o programa viário Caminho Livre, o novo projeto paisagístico e ambiental de João Pessoa será implantado nas maiores avenidas da cidade, como Ruy Carneiro e Beira Rio.

A secretária da Semam, Lígia Tavares, afirma que o Caminho Livre Arborizado tem a função de levar o senso de proteção ao meio ambiente à população, ao mesmo tempo em que embeleza a cidade com um projeto paisagístico. “Inicialmente vamos continuar o trabalho na Epitácio Pessoa, mas outras vias serão contempladas”.

De acordo com ela, a Semam vai analisar as condições de implantação de mudas nas principais avenidas da Capital, como Ruy Carneiro e Beira Rio. “Muitos aspectos envolvem a plantação de uma muda. É preciso analisar o solo e as condições de adaptação das espécies. Nas avenidas é comum haver uma complexa rede de cabeamentos subterrâneos ou aéreos, como na Epitácio Pessoa. Além disto, o tráfego não pode ser prejudicado, então tudo isto é verificado”, ressalta a secretária.

O projeto de design do Caminho Livre Arborizado é do arquiteto Jersei Barros e, segundo Lígia Tavares, na Avenida Epitácio Pessoa serão intercaladas espécies de Mata Atlântica, como o Pau-Brasil e os ipês brancos, amarelos e roxos. “Haverá uma renovação da paisagem da cidade e precisamos do apoio da população”.

Ela explica que cada comerciante com estabelecimento próximo ao local que receber uma muda ficará responsável por sua manutenção e receberá um certificado de colaborador. “Nós queremos desenvolver o senso de responsabilidade nas pessoas. Por exemplo, na Epitácio Pessoa, alguns comerciantes podem apresentar resistência porque podem preferir destinar a área da calçada a estacionamento, mas vamos incentivar a adesão a esta causa e mostrar que é possível fazer adaptações”, frisa Lígia Tavares.

Benefícios – A arborização da cidade traz diversos benefícios, como melhoria do micro clima do ambiente por meio da retenção de umidade do solo e do ar e pela geração de sombra, evitando que os raios solares incidam diretamente sobre as pessoas; amortecimento de ruídos, ação sobre o bem estar físico e psíquico da cidadão e a suavização do aspecto visual em contraste com o concreto das cidades.