PMJP inicia alargamento do calçadão da Feirinha de Tambaú, na terça

Por - em 34

A Prefeitura de João Pessoa inicia nesta terça-feira (26) o alargamento do calçadão da Praça Santo Antônio, conhecida popularmente como ‘Feirinha de Tambaú’, localizada no bairro de mesmo nome. A obra inclui, ainda, o estreitamento da avenida Olinda, que será fechada ao tráfego de veículos pela Superintendência de Transportes e Trânsito (STTrans), no trecho compreendido entre as avenidas Almirante Tamandaré e Coração de Jesus (na altura do Hotel Tambaú).

“O canteiro existente será retirado para que os dois lados da calçada sejam alargados deixando a via com quatro metros de largura e devidamente sinalizada. O objetivo é que os pedestres disponham de uma área maior. A previsão é que essa intervenção seja realizada em dez dias”, explicou o secretário João Azevêdo. Segundo ele, não há necessidade de manter o canteiro, construído na época em que a via principal tinha trafego de veículos nos dois sentidos.

De acordo com a Sttrans, os veículos que trafegam pela avenida Almirante Tamandaré terão como opção entrar na rua Targino Marques, após o Edifício Santo Antônio, seguindo pela Coração de Jesus para retornar a avenida Olinda. O fluxo da rua Targino Marques será modificado durante o andamento da obra. Não haverá impacto nas linhas de ônibus que circulam pela área. Agentes de trânsito irão monitorar e orientar os motoristas durante o período de interdição da via.

Projeto – A primeira etapa da revitalização da ‘Feirinha de Tambaú’, referente à construção dos boxes de alimentação, está em fase de conclusão. De acordo com o secretário João Azevedo, as obras deverão ser concluídas até o final de março. Na seqüência, serão iniciadas as obras da ala reservada aos artesões.

A iniciativa está sendo viabilizada por meio de um convênio firmado entre a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) e o Banco do Brasil (BB), através do Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável, orçado em R$ 841 mil. A área total do equipamento é de 1.174,10 metros quadrados.

O projeto inclui espaços destinados a lanchonetes, pequenos restaurantes, baterias de banheiros e área de passeio com lugares apropriados para apresentações artístico-culturais, além de iluminação ornamental e nova arborização. A obra ainda será contemplada com rampas de acessibilidade e uma casa de resíduos, onde será depositado todo o lixo produzido pelos comerciantes e usuários, adotando-se o critério da coleta seletiva.