PMJP inicia audiências do OD 2011 no bairro do Valentina

Por - em 23

A Prefeitura de João Pessoa começou nesta terça-feira (15) o ciclo do Orçamento Democrático 2011, com a realização da sua primeira etapa, que são as Audiências Regionais. A 4ª região foi a primeira a receber a atividade, que aconteceu no Centro Profissionalizante Deputado Antônio Cabral (CPDAC), no Valentina Figueiredo. O prefeito Luciano Agra, secretários municipais, além de vereadores, conselheiros e delegados do OD participaram da audiência, que levou um público de aproximadamente 500 pessoas ao ginásio da escola.

“O governo assume este compromisso de vir dialogar diretamente com a população de João Pessoa e se empenhar para atender as demandas que são encaminhadas até nós. O Orçamento Democrático possibilita esta aproximação entre gestão e população”, ressaltou o prefeito, que respondeu a cada uma das solicitações encaminhadas pelos moradores da 4ª região.

Como prioridades, os moradores da 4ª região elegeram saúde, educação e infraestrutura, que serão inseridas na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2012. O Coordenador do Orçamento Democrático, Tibério Limeira, prestou contas à população de todas as obras e serviços que o Governo Municipal realizou e tem realizado na região nos últimos cinco anos, entre elas, a construção do mercado público do Valentina; do Crei Marinete Paiva, em Paratibe; das USF Boa Esperança e Rosa de Fátima, no Valentina e Paratibe, respectivamente; a reforma e ampliação da escola municipal Antônia do Socorro, em Mussumago; reforma e ampliação do Hospital, no Valentina Figueiredo; construção de 155 casas pelo programa PSH, no Valentina, Nova Mangabeira e Parque do Sol, além de obras de iluminação e pavimentação de ruas.

“É importante ver que o principio da administração pública, o da publicidade, está sendo cumprido aqui esta noite, pois a Prefeitura presta contas à população e assim ficamos sabendo como o dinheiro público está sendo aplicado”, ressaltou o morador do Valentina, Aluísio Bezerra. Já a estudante Juliete Pontes levou algumas reivindicações de seu bairro, o Parque do Sol, para os gestores municipais. Ela solicitou a construção de uma escola e de um posto de saúde no local, como também obras de saneamento e pavimentação.

Em todas as Audiências do Orçamento Democrático haverá a apresentação do grupo de teatro Soluar, que encenará esquetes onde será discutido o tema da violência contra a mulher. A iniciativa é uma parceria da Coordenadoria do Orçamento Democrático e da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres. A próxima reunião será nesta quinta-feira (17), na Escola Municipal Antônio Santos Coelho, no bairro da Penha (2ª região).