PMJP inicia mais uma turma do curso de Qualificação para Domésticas

Por - em 19

A Prefeitura de João Pessoa realizou nesta terça (14) a aula inaugural da terceira turma do Curso de Qualificação Profissional e Formação Social para as Trabalhadoras Domésticas. A capacitação foi desenvolvida pela Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres (CPPM), Secretária de Desenvolvimento Social (Sedes), Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) e conta com a Parceria do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e da Delegacia Regional do trabalho (DRT).

O curso faz parte do Programa de Formação Cidadã para as Trabalhadoras Domésticas que tem como objetivo valorizar e combater as discriminações de gênero e raça que atingem esta categoria. As aulas acontecem de segunda a sexta, das 13hs às 17hs, com uma carga horária de 160 horas. O quadro de professores inclui técnicos e técnicas do Senac e das secretarias envolvidas.

A novidade desta turma é que todas as alunas contempladas são do Residencial Gervásio Maia e o curso acontece no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), localizado na própria comunidade. “O Gervásio Maia tem um significado muito especial para esta gestão, por isso fizemos uma opção pelas mulheres que moram nessa comunidade”, enfatizou a Secretária de Políticas para as Mulheres, Douraci Vieira.

Para a dona de casa Ednalva Maria da Silva, de 42 anos, o curso será uma oportunidade de se qualificar para o mercado de Trabalho. “Eu me inscrevi para aprender mais. Às vezes, a gente acha que está fazendo o trabalho certo, mas não está. Quero conhecer mais para conseguir um bom emprego”, destacou a dona de casa.

A grade curricular é formada por conteúdos relacionados à formação cidadã, tais como: ‘Fortalecendo a identidade feminina’, ‘A Importância da mulher no mundo do trabalho’, ‘Saúde da mulher’, ‘Sistema Único de Assistência Social’, ‘Economia solidária e o trabalho das mulheres’, ‘Coleta seletiva’ e ‘Direitos e deveres da empregada doméstica’. Já os conteúdos técnicos possibilitam a reciclagem das profissionais, trabalhando os seguintes temas: ‘Comunicação Oral’, ‘Ética e Estética no Trabalho’, ‘Higiene e Segurança no Trabalho, ‘Técnicas de Limpeza e Conservação dos Ambientes’, ‘Higiene e Manipulação de Alimentos’ e Preparação de alimentos para o dia a dia’.

“O curso é interessante porque vai nos ajudar a conhecer mais nossa profissão e nos orientar sobre nossos direitos”, afirmou a doméstica Jacilene Gomes, de 31 anos.

Estão inscritas 33 mulheres que, durante três meses, vão ser acompanhadas pela PMJP e pelo Senac, se qualificando e, segundo Douraci Vieira, participando de políticas inclusivas, que visam favorecer melhores condições de trabalho para esta categoria.