PMJP inicia mutirão e convoca população para o Sim, Eu Posso

Por - em 48

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) iniciou na tarde desta segunda-feira (07) o mutirão de divulgação do programa de alfabetização Sim, eu Posso, que destina-se à reintegração social do indivíduo na escola. A equipe de coordenação e os monitores estiveram nas imediações do Terminal de Integração de passageiro, no bairro do Varadouro, entregando os panfletos para chamar a população para o programa, cujas inscrições serão abertas nesta quinta-feira (10).

De acordo com um dos coordenadores do programa em João Pessoa, Rogério Bezerra, a equipe vai estar diariamente em diferentes pontos da cidade divulgando o trabalho. Nesta terça-feira (08), o mutirão vai percorrer a Lagoa do Parque Solon de Lucena, das 15h às 19h. “O nosso objetivo é divulgar este programa, que está abrindo 1.500 vagas para pessoas analfabetas funcionais acima de 20 anos. Após esta etapa de divulgação nas ruas, também vamos estar nas escolas fazendo o mesmo trabalho. Desse forma, esperamos que todos sejam contemplados com o programa que pretende acabar com o analfabetismo”, destacou Rogério.

A programação de panfletagem segue na quarta-feira (09), na feira livre do bairro de Jaguaribe, das 7h às 10h. No sábado acontece o dia ‘D’ do mutirão, onde as equipes estarão simultaneamente no Mercado Central, Centro; no Mercado de Mangabeira e na Feira de Oitizeiro. A ação será das 7h às 10h.

Inscrições – O programa ‘Sim, Eu Posso’ abre inscrições nesta quinta-feira (10) e se estende até o fim deste mês. Os interessados devem procurar as escolas do município e garantir a vaga. As turmas funcionam em escolas municipais, associações comunitárias e centros da cidadania, dentre outros locais. A proposta é de formar 100 turmas em bairros já mapeados pela Secretaria de Educação e Cultura (Sedec), realizando um trabalho em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) e Orçamento Democrático (OD).

A técnica empregada no ‘Sim, Eu Posso’ associa números e letras, com a utilização de teleaulas, o que possibilita o aluno ler e escrever em dois meses. Com este investimento, a Prefeitura de João Pessoa pretende erradicar o analfabetismo entre jovens e adultos na Capital até o ano de 2012. Já na primeira fase de aplicação do projeto, considerada como ‘fase piloto’, o programa atendeu duas comunidades (Grotão e Gervásio Maia) de um total de 92 áreas mapeadas. A fase experimental encaminhou 56 alunos, entre homens e mulheres, para um novo estágio de alfabetização. A meta é atingir 6.000 alunos até novembro de 2010.

O programa – O ‘Sim, Eu Posso’, ou ‘Yo, Si Pudeo’, foi elaborado pelo Instituto Pedagógico Latino-Americano y Caribeño (IPLAC), de Cuba, com a finalidade de erradicar o analfabetismo da América Latina. O programa foi utilizado por vários países, como Bolívia, Argentina, Timor Leste, Canadá, Espanha, Equador, dentre outros. Com edição em 13 idiomas, ele ganhou prêmio Rey Sejong, instituído pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), nos anos 2002, 2003 e 2006, por promover a erradicação do analfabetismo no mundo.