PMJP inicia obra de contenção em barreira no Baixo Róger

Por - em 34

A Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) iniciou nesta segunda-feira (4) a obra de contenção da barreira na Terra do Nunca, no Baixo Róger. A intervenção tem o objetivo de proteger a barreira contra a erosão, com a adoção da biomanta antierosiva, técnica usada nas Brs com custos mais baixo e menor tempo para a execução da obra. O investimento é estimado em R$ 176 mil e a execução do serviço prevista para 60 dias.

O secretário de Infraestrutura, João Azevedo, explicou que a técnica utilizada no local é basicamente a construção de um gabião – que é um muro de contenção – na base de sustentação e a aplicação de vegetação em toda a área superior. A biomanta vegetal tem a propriedade de proteger, tão logo aplicada, as superfícies expostas da barreira evitando a erosão.

“É a mesma técnica usada nas BRs, onde geralmente é feito um corte na barreira em declive e colocada a vegetação para evitar deslizamento que possam causar acidentes ou interdições na estrada”, explicou. Segundo ele, o custo é menor pela redução do muro de contenção. “Com essa técnica o muro é construído apenas na base de sustentação”, reforçou.

João Azevedo disse ainda que a aplicação da biomanta em outras áreas tem tido bons resultados pela rapidez, economia e eficiência no resultado. O material é biodegradável, evita o desgaste do solo, impede o escoamento excessivo de água, conservando mais a umidade do solo e evitando o processo de erosão, além de melhorar o aspecto visual das áreas recuperadas. “A obra de contenção da barreira na Terra do Nunca é uma experiência. Caso o resultado seja positivo, há a possibilidade de estendermos essa técnica para outros locais”.