PMJP inicia oficinas de Diversidade Sexual e Combate à Homofobia

Por - em 21

A programação pelo mês da diversidade sexual e combate a homofobia prossegue nesta segunda-feira (4) com o início de uma série de oficinas sobre o tema, que serão realizadas nas unidades ligadas à Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), da Prefeitura de João Pessoa (PMJP). A abertura acontecerá às 14h, no Centro de Referência de Cidadania de Cruz das Armas, localizado na Rua João Gomes Coelho.

Ao todo serão oferecidas 16 oficinas nos 11 Centros de Referência da Cidadania (CRCs); Centro Intergeracional; Centros de Referência da Assistência Social (Cras); Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) de Jaguaribe; e na Polícia Militar. A programação é alusiva ao Dia Municipal da Diversidade Sexual e Combate a Homofobia, comemorado no dia 28 de junho. A coordenação dos eventos é da Diretoria de Organização Comunitária e Participação Popular, através da Assessoria de Políticas Públicas para Diversidade Humana.

O secretário de Desenvolvimento Social, Lau Siqueira, lembra que a luta contra a homofobia não pode ser apenas dos movimentos GLBTT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais) e que a omissão sobre este fato tem tido resultados catastróficos.  “É uma questão de cidadania, de justiça, de reconhecimento de um direito humano de escolher a melhor forma de ser feliz. A homofobia está contida na raiz dos índices de violência das cidades que, alguns simplistas, atribuem suas causas apenas ao tráfico de drogas”, ressaltou.

Para o secretário, as instituições do povo precisam ter posicionamentos claros sobre este fator, porque a homofobia é, sobretudo, uma das maiores demonstrações de deficiência na educação.

“A Prefeitura Municipal de João Pessoa e a Secretaria de Desenvolvimento Social posicionam-se frontalmente contra a homofobia, buscando estabelecer processos educativos combatendo a homofobia institucional. As pessoas aprendem a ser homofóbicas e tem esse aprendizado reforçado nas escolas, nas mídias, na família. O resultado é o que todo mundo conhece: o aumento do índice de assassinatos contra homossexuais diante da negligência, da omissão criminosa de setores do poder público e da banalização escandalosa da mídia”, destacou Lau Siqueira.

 

Veja abaixo as oficinas oferecidas:

Data Unidades/Local Turno
04/07 CRC – CRUZ DAS ARMAS TARDE
05/07 CRC – CRISTO TARDE
06/07 CRC – JARDIM VENEZA TARDE
07/07 CRC – MANGABEIRA MANHÃ
08/07 CRC – COSTA E SILVA TARDE
13/07 CRC – RÓGER TARDE
18/07 CRC – BANCÁRIOS TARDE
19/07 CRC – IPÊS MANHÃ
20/07 CRC – VALENTINA MANHÃ
20/07 CI – EXPEDICIONÁRIOS TARDE
21/07 CRC – MANDACARU TARDE
22/07 CRC – FUNCIONÁRIOS II TARDE

 

Nos Cras, Peti e Polícia Militar:

12/07 CRAS – SÃO JOSÉ MANHÃ E TARDE
14/07 CRAS – ALTO DO MATEUS MANHÃ E TARDE
28/07 PETI – JAGUARIBE MANHÃ E TARDE
A DEFINIR POLÍCIA MILITAR A DEFINIR