PMJP inscreve para o programa Minha Casa, Minha Vida, na 4ª

Por - em 29

A Prefeitura Municipal de João Pessoa inicia nesta quarta-feira (17) as inscrições para o Programa Minha Casa, Minha Vida. Os interessados devem se dirigir à sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos do Exército (ASSEX), ao lado da Secretaria Municipal de Habitação Social (SEMHAB), situada a Rua Engenheiro Leonardo Arcoverde, 280, em Jaguaribe.

A SEMHAB montou equipe de cadastradores composta por cinco pessoas para atendimento ao público das 8h às 17h30, sem fechar para o almoço. Dos cinco cadastradores, um está reservado para o atendimento a idosos, gestantes e portadores de deficiência.

Atendimento pré-agendado – Para evitar tumultos e correrias, a Secretaria de Habitação optou por atender 400 pessoas por dia, sendo 200 das 8h às 13h e mais 200 das 13h às 17h30. Quem não conseguir a ficha do dia já pode se agendar para o dia seguinte e assim, sucessivamente. A procura diária pelo programa é que vai servir de termômetro para a Secretaria de Habitação decidir o prazo provável para encerramento das inscrições.

A Secretária de Habitação, Emilia Correia Lima, justificou a escolha do local como uma preocupação do Governo Municipal com a comodidade e o conforto no atendimento ao público. “O local do cadastro é coberto e a disposição das cadeiras, como em um auditório, trará comodidade para todos”, comentou, destacando também a proximidade da ASSEX com a SEMHAB, que muitos já sabem onde fica localizada.

Quem pode se inscrever – As inscrições são destinadas a famílias com renda de zero a três salários mínimos, que não tenham sido beneficiadas em programas de habitação social do Governo e que não possuam casa própria ou financiamento em qualquer lugar do Brasil. Entre alguns critérios definidos pela PMJP, o pretendente a uma casa própria tem que comprovar que mora em João Pessoa há mais de 5 anos, informar o número de filhos, faixa de renda, se paga aluguel, onde mora atualmente e onde pretende morar. Todas essas informações serão checadas posteriormente.

Documentos necessários – O interessado deve apresentar RG (carteira de identidade) e CPF do titular e do cônjuge; certidão de casamento, comprovante de residência e de renda (formal e informal), todos originais, para comprovação dos dados. Para enquadramento no programa, o pretendente terá também o nome verificado no Cadastro Nacional de Mutuários (CADMUT).

Inscritos no “Minha Casa, Minha Vida” já sabem onde vão morar

Oitocentos e sete apartamentos é a cota de imóveis que o Governo Municipal disponibiliza, inicialmente, aos inscritos no Programa Minha Casa, Minha Vida. São empreendimentos que já estão em andamento na Secretaria de Habitação e em tramitação junto a Caixa Econômica Federal. “Outras áreas vão surgindo à medida que os empresários forem apresentando projetos”, disse Emilia Correia Lima.

Entre os empreendimentos habitacionais já encaminhados e com projetos assegurados à CEF estão 80 apartamentos no Alto do Céu (Mandacaru), que serão construídos à Rua José Barbalho Filho com a Avenida 10 e Avenida 4; 580 no Bairro das Indústrias, que serão edificados na Rua B-11 com a Avenida das Indústrias; mais 80 no Bairro dos Novais, que serão construídos a Rua Lourdes Meira com a Maria Tavares de Araújo e 32 outros apartamentos que serão construídos na Rua Ana Espínola Navarro com a Rua 01, no Esplanada, precisamente ao lado do Supermercado Makro, na BR 230.