PMJP intensifica vacinação contra sarampo neste sábado

Por - em 25

A Prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), já imunizou mais de 73 mil pessoas contra o sarampo e vai intensificar as atividades neste final de semana na Capital. O foco da ação deste sábado (23) serão os homens na faixa etária entre os 20 e 49 anos, que apresentaram baixa procura pela vacina. As tendas serão montadas no Busto de Tamandaré, em Tambaú, das 17h às 21h.
 
O trabalho da SMS já imunizou 26.151 crianças entre seis meses e 11 anos de idade; 30.154 mulheres e 17.287 homens até 49 anos. Dessa forma, a Gerência de Vigilância à Saúde do Município faz um chamamento para que os homens procurem os postos de vacinação e se imunizem.
 
Desde a notificação do primeiro caso suspeito, todas as medidas de prevenção e controle vêm sendo realizadas no município de João Pessoa, incluindo investigações e busca ativa de casos, além do trabalho de imunização. De acordo as equipes técnicas da SMS, as investigações apontam que os primeiros casos tiveram como fonte de infecção um mesmo local em João Pessoa, mas até o momento não foi possível estabelecer o vínculo entre todas as cadeias de transmissão.
 
Ainda de acordo com a análise técnica da situação epidemiológica de João Pessoa, não há evidências de circulação sustentada do vírus do sarampo, tendo por base os critérios internacionais estabelecidos e entregues à Organização Pan-americana da Saúde, em setembro passado. O documento relata que “para haver transmissão sustentada é necessário que o vírus identificado deva circular no país por mais de 12 meses”. Como o primeiro caso confirmado foi em setembro de 2010, não é possível caracterizar a situação atual como circulação sustentada.

Até o dia 14 de outubro, tinham sido notificados 110 casos de sarampo na Paraíba, sendo 39 deles confirmados em João Pessoa. Pessoas entre seis meses e 49 anos de idade precisam se vacinar contra o sarampo, que é uma doença causada por vírus e que pode ser transmitida por secreção respiratória como espirro ou tosse. Os primeiros sintomas são febre alta, manchas vermelhas pelo corpo, corisa, tosse e olhos ardendo (conjuntivite).

As manchas geralmente duram de quatro a sete dias, não coçam e aparecem aproximadamente 14 dias após a exposição ao vírus. A pessoa que está com sarampo pode contagiar outra pelo menos quatro dias antes ou depois do aparecimento da doença.
Informações, dúvidas e notificações de casos podem ser feitas através dos telefones 0800 282 7959 ou 8844-4779.