PMJP investe R$ 17 milhões em saneamento em 12 localidades da Capital

Por - em 36

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP) está investindo R$ 17 milhões em saneamento básico, beneficiando cerca de 100 mil famílias, de 12 localidades da Capital. Na última terça-feira (20), o governo municipal inaugurou os serviços no bairro de Mandacaru, onde foram implantados 10.136 metros de extensão, que atende 2.132 unidades habitacionais. Também estão sendo executados serviços nas comunidades do Alto do Céu, Porto de João Tota e Jardim Mangueira (Mandacaru) e nos bairros do Ernani Sátiro e das Indústrias.

O prefeito Ricardo Coutinho (PSB) participou da cerimônia de inauguração, em Mandacaru, e lembrou que, mesmo não sendo de responsabilidade primeira do município, a Prefeitura elegeu o esgotamento sanitário como uma das prioridades de atuação.

“Nós não poderíamos ficar de braços cruzados diante dessa necessidade da população. Durante muito tempo, o desenvolvimento da cidade seguiu em direção a orla e ‘pulou’ o bairro de Mandacaru. Agora, queremos corrigir essa injustiça”, comentou o prefeito, dizendo que o saneamento básico foi eleito obra de preferência dos moradores do bairro, durante as plenárias do Orçamento Democrático.

Investimento – A PMJP está realizando obras de esgotamento no Porto de João Tota, Alto do Céu e Jardim Mangueira, ainda em Mandacaru. As três obras juntas ultrapassam o investimento de R$ 561.490 mil reais, beneficiando diretamente cerca de 700 famílias. O secretário de Infra-estrutura do município, João Azevedo, ressaltou que após os serviços o bairro de Mandacaru ficará totalmente saneado.

O município também está realizando o saneamento básico no bairro do Ernani Sátiro e das Indústrias. No mês de junho, o governo municipal inaugura os serviços executados no bairro do Grotão, que vai contar com 100% de saneamento. “A Prefeitura já entregou, no final do ano passado, o esgotamento na comunidade Boa Esperança (no Cristo Redentor) e este ano, no residencial Gervásio Maia”, frisou o secretário.

Os recursos para a execução dos serviços de esgotamento sanitário em João Pessoa, no valor de R$ 17 milhões, foram financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), através de um empréstimo concedido à Prefeitura.

Dívida – João Azevedo lembrou ainda que o município vai quitar a dívida com a população dos bairros do Alto Mateus, Jardim Veneza, Ilha do Bispo e dos Novais, com a finalização dos serviços saneamento básico nos locais. Ele explicou que, em gestões anteriores, o município havia recebido recursos suficientes para a realização total do esgotamento nesses bairros, mas os serviços não foram concluídos.

“A população ficou prejudicada porque esperou com muita expectativa por uma obra que não chegou. Agora, nós vamos retomar os trabalhos naqueles bairros e vamos construir as sete estações elevatórias que não foram feitas no passado”, garantiu o secretário, ressaltando que o município vai abrir processo licitatório nos próximos dias.