PMJP investe R$ 1,8 mi na reforma dos condomínios Liberdade e Cidadania

Por - em 75

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) iniciou as obras de reforma dos condomínios residenciais Liberdade e Cidadania, ambos em Paratibe. Além da intervenção estrutural, cujo valor total é R$ 1.874.032,51, os moradores dos dois conjuntos também receberão os títulos de propriedade de suas casas.

Até o final do ano, obras em outros cinco condomínios serão finalizadas. O objetivo do prefeito da Capital, Luciano Agra, é entregar 3,5 mil novas casas, totalizando seis mil, dentro de uma política de apoio à habitação popular. “Acredito que a redução da exclusão social começa com melhores moradias e com a posse de escrituras de suas casas”, disse. Ele frisou que estas unidades habitacionais, construídas no período de 1997 a 2004, não têm a mesma infraestrutura dos projetos executados atualmente pela PMJP, e por isso é importante este tipo de intervenção.

As intervenções representam uma reforma completa nas unidades habitacionais, que correspondem a revestimento externo (reboco), pintura, esquadrias, coberta, calçamento, troca de louças sanitárias e instalações hidrossanitárias. A população também terá acesso a esgotamento sanitário.

Todos os apartamentos dos condomínios Cidadania e Liberdade possuem a mesma área construída (22,80m²), compreendendo uma sala de estar/jantar, cozinha, área de serviço, banheiro social e um quarto. O Condomínio Liberdade, localizado na Rua Oscar Lopes Machado, é formado por 10 blocos habitacionais, totalizando 80 unidades. Estão sendo investidos em sua reforma, R$ 755.347,57. Já o Cidadania, na Rua Josimar de Almeida Silva, terá investimento de R$ 1.118.684,94. O local é formado por 14 blocos, somando 112 unidades habitacionais.

Prazos – De acordo com o secretário municipal de Habitação, José Guilherme, os serviços serão feitos simultaneamente, mas não devem ser finalizados este ano. Entretanto, até o final da gestão, será feita a entrega das reformas dos demais residenciais com obras ainda em execução, que são Esperança, Independência, Girassol, Paz e Índio Piragibe, todos construídos entre os anos de 1997 a 2004. Já foram recuperados os condomínios Amizade, também em Paratibe, e o Fraternidade, no Funcionários IV.

Conforme Agra, desde o início de sua gestão, em abril de 2010, já foram entregues à população 2,5 mil unidades habitacionais – e outras 3,5 mil serão finalizadas até o final de dezembro, somando seis mil novas casas e apartamentos. “Isso dá uma média de seis casas entregues por dia”, ressalta o gestor.

Lar renovado – A população aprova as intervenções. A estudante Agda de Sousa falou em nome das famílias beneficiadas na solenidade de início das obras e agradeceu à PMJP pela iniciativa. “Teremos mais qualidade de vida”, disse ela. Já a dona de casa Maria do Carmo falou sobre dignidade. “Nós não temos como fazer as obras tirando dinheiro de nossos bolsos, então é muito importante esta atitude da prefeitura em nos ajudar, em nos devolver a dignidade”, salientou.

O casal Laleska Alves e Reginaldo Guilherme aguarda a chegada do primeiro filho e está entusiasmado com a reforma das casas. “Mesmo que as obras tragam algum transtorno, tudo vai valer a pena, porque vamos viver de maneira melhor. Nosso filho vai nascer em um ambiente mais estruturado”, argumentaram.