PMJP investe R$ 500 mil para inclusão de alunos em escolinhas de futebol

Por - em 51

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), firmou termos de parcerias com clubes de futebol da cidade para a inclusão de alunos da rede municipal de ensino nas escolinhas de base dos clubes para a formação de novos atletas. A assinatura dos documentos aconteceu na manhã desta quinta-feira (12), no gabinete do prefeito, localizado no Centro Administrativo Municipal (CAM).

O prefeito Luciano Agra assinou os termos de parceria no valor de mais de R$500 mil, com os times do Botafogo PB, Auto Esporte, CSP e o Flamengo PB. Além desses quatro times, a novidade este ano é a inclusão de um time de futebol de salão, o João Pessoa Futsal.

Luciano Agra comentou a importância desses incentivos para fortalecer o esporte mais popular do Brasil na Capital paraibana. “O investimento da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) com todas essas assinaturas é de aproximadamente R$500 mil. Mas essa iniciativa é bastante válida porque o futebol é uma instituição nacional. O brasileiro tem nesse esporte uma esperança, portanto, não poderia ser diferente. Eu como gestor, tenho que ter sensibilidade para isso. A PMJP não vai faltar com esse esporte. Os clubes da cidade não podem de forma alguma deixar esse lado social, porque são dessas escolas de futebol que surgem os grandes craques. A reciprocidade desses termos deve ser cumprida, pois hoje qualquer instituição tem que se organizar, ter sustentabilidade, inclusive os clubes da Capital”, falou o prefeito.

O secretário da Sejer, Thiago Pacheco explicou que o valor total do investimento é o resultado da soma de todos os clubes beneficiados. “É bom frisar que esse apoio não é apenas um investimento no futebol profissional, mas ele tem uma contrapartida que é um projeto social que os clubes desenvolvem para trabalhar suas categorias de base, suas escolinhas dos clubes, com os alunos da Rede Municipal de ensino. Então, todos os clubes têm que estabelecer o número de alunos, que serão atendidos, nesse projeto que vai acontecer o ano todo. Os clubes vão dar todo o apoio a esses estudantes com acompanhamento técnico, através dos departamentos médicos desses clubes”, disse o secretário.

Ainda de acordo com Thiago Pacheco os clubes escolhidos já têm um trabalho forte de categorias de base, agora a partir dessa assinatura eles começam também a abrir as portas também para os alunos da rede municipal. Uma equipe da Sejer vai acompanhar esse trabalho verificando como vai ser o atendimento, garantindo que os alunos do município tenham acesso a atividade futebolística, como um caminho e uma oportunidade para esses jovens aprenderem mais sobre disciplina, solidariedade, respeito e trabalho em equipe.