PMJP investiu mais de R$ 20 milhões na reforma de mercados

Por - em 61

Nos últimos 12 meses a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) elaborou uma série de ações com a finalidade de otimizar a utilização dos espaços públicos pela população. Só nos mercados públicos a Prefeitura investiu mais de R$ 20 milhões para reformar diversos equipamentos.

Os mercados mais antigos e que se encontravam em pior estado de conservação estão tendo prioridade nas ações de restauração que vão seguir até que todos os 19 estabelecimentos sejam totalmente recuperados. Apenas em 2011, três dos mercados mais tradicionais de João Pessoa seguem em reforma (Central, Cruz das Armas e Torre) e uma Central de Comercialização de Agricultura Familiar (Cecaf) está sendo construída.

Além dos mercados que após serem concluídos darão novo ânimo aos consumidores e comerciantes, a Sedurb também devolveu à população espaços públicos ocupados de forma irregular. Aproximadamente 100 áreas públicas foram recuperadas a partir das ações da gestão municipal e devolvidas aos habitantes da cidade. As medidas incluíram a transferência de comerciantes para locais adequados ao seu tipo de negócio liberando as calçadas para que a população pudesse andar com segurança. A Orla e o Centro da cidade estão entre os locais que mais receberam as ações, mas elas ainda ocorreram nos bairros e em áreas de preservação permanente (APPs).

No bairro de Mangabeira, por exemplo, a população voltou a usufruir da Praça Cristo Rei, localizada na avenida mais movimentada da área, a Josefa Taveira. O local era conhecido pela violência que fez várias vítimas nos anos em que os estabelecimentos funcionaram. “Estamos esperando apenas a recuperação de espaço, mas o fim da violência é sentido por todos”, garante a moradora do bairro Margareth Costa, que há 15 anos escolheu a localidade para viver.

Em Mangabeira VIII até uma fábrica irregular, curral e galinheiros foram demolidos. E, mais recentemente, a antiga Feirinha de Mangabeira foi transferida para o Mercado Público. “É um dos bairros com maior invasão de áreas públicas, mas estamos modificando essa realidade aos poucos”, constata o secretário da Sedurb, Lucius Fabiani. A Sedurb atuou ainda em áreas de preservação permanentes (APPs) com a devolução de uma área da Marinha na Avenida Tancredo Neves, desocupação de uma área que estava sendo desmatada em Paratibe, e a demolição de casas construídas dentro da reserva florestal em Jacarapé.

Centro e Orla – No Parque Sólon de Lucena, atualmente a Sedurb está coordenando uma força-tarefa que visa revitalizar a área até que o novo projeto para o local possa ser implantado. Na orla da Capital paraibana, diversas ações foram realizadas visando o ordenamento do espaço público. A imensa faixa de areia branca presente em todo litoral pessoense recebeu atenção da gestão municipal com o cadastro dos comerciantes que fazem aluguel de cadeiras e guarda-sóis.

Organização do Comércio – Para os comerciantes retirados das ruas há a opção dos shoppings populares ou o cadastro para trabalhar nos eventos da cidade. A organização foi adotada pela atual gestão visando o ordenamento do comércio ambulante nos dias de festa. Segundo dados do Núcleo de Cadastro (Nucad) da Sedurb atualmente 700 pessoas estão registradas e podem pleitear uma vaga nos eventos de João Pessoa por meio de sorteio. A identificação dos trabalhadores ocorre com uso de um crachá com informações sobre o prestador de serviço.

Revitalização – Do mesmo modo as praças da Capital paraibana estão no alvo das ações. Este ano, oito praças construídas pela atual gestão receberam manutenção da Sedurb. O primeiro local a ser beneficiado foi a Praça da Paz, nos Bancários. Os servidores da Sedub trabalharam ainda Pavilhão do Chá (Centro), e nas praças Assis Chateaudbriand (Treze de Maio), Caju (Bessa), Ellen Lucy (Coqueiral, Mangabeira), da Conquista (Padre Zé), São Gonçalo (Tiradentes, Torre) e professor Adolfo Magalhães Neto (Esplanada), e Manoel Pereira Júnior (Bela, Funcionários II).

Campanhas – Os investimentos não ocorrem apenas na construção ou recuperação dos espaços públicos da cidade. Nos últimos meses as campanhas de mídia para divulgação desses locais têm sido adotadas pela gestão no intuito de tornar os equipamentos públicos cada vez mais frequentados pela população. Um exemplo disso foi a campanha promocional ‘Fogueira de Prêmios’ realizada no período junino e que pelo segundo ano premiou usuários dos shoppings populares da cidade. Os shoppings receberam ainda a campanha ‘O Centro é Pop’ para estimular as vendas dos lojistas. Os mercados públicos também entraram em campanhas com as iniciativas inéditas do ‘São João nos Mercados’ e ‘Mais sabor e saúde na sua mesa – Semana Santa com pescado de qualidade’.

Capacitação – O aperfeiçoamento dos serviços prestados à população de João Pessoa foi uma das preocupações da gestão municipal durante o ano de 2011. Por isso, a Sedurb investiu em capacitação de funcionários e de comerciantes que atuam nos equipamentos públicos da cidade. Pelo menos 200 pessoas receberam treinamento que lhes permitiu melhorar a qualidade dos trabalhos.

Responsabilidade Social – Os usuários de hospitais e entidades sem fins lucrativos de João Pessoa recebem semanalmente as doações realizadas pela Sedurb resultantes da apreensão de mercadorias perecíveis durante as abordagens. Entre os beneficiados estão a Casa da Criança, o Hospital Padre Zé, a Sociedade Paraibana de Combate ao Câncer, Lar da Criança Jesus de Nazaré e o abrigo de idosos Amem.