PMJP libera 118 contratos de empréstimo do Empreender-JP

Por - em 27

Nesta terça-feira (29), o Programa Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios de João Pessoa (Empreender-JP) liberou mais 118 contratos de empréstimo, no valor total de R$ 324.890,00. A cerimônia aconteceu no auditório do Sesi/Fiep, no Centro da Capital, com a presença do prefeito Luciano Agra. “Na formatação de qualquer política pública o que mais nós desejamos é atingir as metas e, aqui, percebemos que o Empreender está no caminho certo”, declarou o prefeito.

Falta de acesso ao crédito para microempresários era um dos principais motivos para que muitos desistissem de seus sonhos. Muitos tinham dificuldade de contrair empréstimos nas instituições financeiras tradicionais por causa da burocracia e dos juros altos.

“Desde 2005, o Empreender-JP já investiu mais de R$ 24 milhões no talento dos empresários pessoenses, liberando aproximadamente 10 mil contratos de empréstimo”, esclareceu Luciano.

Forno solar – Entre os beneficiários do dia estava o artista plástico e designer gráfico Jandyr Rocha de Oliveira, que inventou um fogão a energia solar. Com o equipamento, ele recebe, em 2009, apoio da Avon para implantação de um projeto de sustentabilidade com mulheres da zona rural de João Pessoa. Em todo o Brasil, apenas seis projetos foram contemplados.

Jandyr ministrou aulas sobre o uso do fogão solar para uma turma de 20 mulheres das comunidades como Mituaçu, Gramame e Gervásio Maia, entre elas, beneficiárias do Cinturão Verde, linha de crédito especial do Empreender. Agora, o designer decidiu também retirar um empréstimo para montar uma pequena escola de artes para crianças. “Eu recebi R$ 3,3 mil e pretendo, com esse dinheiro, construir um espaço para as aulas lá no Valentina”, conta.

“Acredito que em seis meses o projeto estará pronto, porque quem vai fazer sou eu mesmo. E, depois, pretendo fazer convênios com as escolas, para ensinar arte para crianças”.

Sucesso compartilhado – O Empreender-JP é modelo, hoje, para projetos de microcrédito de 17 cidades brasileiras. A informação é do secretário de Desenvolvimento Sustentável da Produção da Prefeitura da Capital, Raimundo Nunes Pereira, que participou nesta terça-feira (29) da 69ª cerimônia de liberação de empréstimos do Empreender-JP.

“Além das Prefeituras, o Governo do Estado também já tem seu próprio projeto, o Empreender Paraíba, que será implantado agora em abril”, declarou. Cajazeiras, no sertão do Estado também já tem um programa no mesmo modelo. Petrolina, Timbaúba, Jaboatão dos Guararapes (os três em Pernambuco), Osasco (SP), Manaus (AM), Maceió ( AL), Rondonópolis (MT) e Volta Redonda (RJ) já anunciaram interesse em adotar o projeto.

O Governo do Estado lança na segunda quinzena de abril o programa Empreender Paraíba, informou o secretário executivo do projeto, Tárcio Pessoa, que também participou ontem da liberação de contratos organizada pela Prefeitura da Capital, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção.

De acordo com ele, as inscrições para o programa começam logo depois do lançamento, mas, no mesmo dia, o Empreender-PB já deve liberar empréstimo para pelo menos três grupos produtivos, em áreas como agricultura, mineração e serviços. “Isso porque vamos trabalhar com o mesmo modelo do projeto da Capital, mas também com um modelo focado em ações coletivas e já estamos fazendo um levantamento dessas iniciativas”, declarou.